PRITOR 40MG C/28

PRITOR 40MG C/28

PRITOR. TELMISARTANA.
Fabricante: Glaxo smithkline
Disponibilidade: Envio imediato
De R$ 117,81 Por R$ 105,19
2x R$ 52,60
ou R$ 102,03 no pagamento à vista
Estimar entrega
Informe o seu cep para consulta do prazo de entrega e valores de frete.
PRITOR 40MG C/28 É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.

Pritor

Apresentação de Pritor

Prité apres. na forma de compr. c/ 40 mg ou 80 mg de Prit- Prit- telmisartana, embalados em cart. c/ 14 e 28 compr. (40 e 80 mg).

Informações sobre Pritor

A Prit- Prit- telmisartana é um antagonista do receptde angiotensina II (tipo AT1), pvia oral. A Prit- Prit- telmisartana desloca angiotensina II, com afinidade muito alta, de seu local de ligação no receptsubtipo AT1, que é responsável pelas ações conhecidas de angiotensina II. A Prit- Prit- telmisartana não apresenta nenhuma atividade agonista parcial no receptAT1. A Prit- Prit- telmisartana liga-se seletivamente ao receptAT1. A ligação é prolongada. A Prit- Pritor - telmisartana não exibe afinidade com outros receptores, incluindo AT2 e outros receptores AT menos caracterizados. O papel destes receptores é onhecido, assim como o efeito de sua possível superestimulação pela angiotensina II, cujos níveis são aumentados pela Prit- Prit- telmisartana. Os níveis plasmáticos de aldosterona são reduzidos pela Prit- Prit- telmisartana. A Prit- Prit- telmisartana não inibe a renina plasmática humana nem bloqueia os canais iônicos. A Prit- Prit- telmisartana não inibe a enzima conversora de angiotensina (cininase II), enzima esta que também degrada bradicinina. Portanto, não se espera que potencialize os efeitos adversos mediados pbradicinina. No homem, uma dose de 80 mg de Prit- Pritor - telmisartana inibe quase completamente o aumento da pressão arterial provocado pangiotensina II. O efeito inibitório é mantido durante 24 horas e ainda é mensurável paté 48 horas. Após a primeira dose de Prit- Prit- telmisartana, o início da atividade anti-hipertensiva ocorre gradativamente dentro de 3 horas. A redução máxima na pressão arterial é geralmente atingida 4-8 semanas após o início do tratamento e mantém-se durante a terapia de longa duração.

Indicações de Pritor

Pritestá indicado no tratamento da hipertensão arterial essencial.

Contra Indicações de Pritor

Prité contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer dos excipientes, na gravidez e lactação, em pacientes com distúrbios obstrutivos biliares e portadores de insuficiência hepática ou renal grave.

Reações Adversas de Pritor

Os efeitos adversos foram geralmente de natureza leve e transitória e apenas raramente exigiram ontinuação da terapia. A incidência de efeitos indesejáveis não foi relacionada à dose e não mostrou correlação com sexo, idade ou raça dos pacientes. A incidência total de eventos adversos relatados com Prit- telmisartan foi geralmente comparável ao placebo em estudos controlados pplacebo, envolvendo 1.041 pacientes tratados com várias doses de Prit- telmisartan (20-160 mg) paté 12 semanas. Eventos adversos gastrintestinais aparentemente ocorreram com mais freqüência do que com placebo. Os efeitos adversos com uma incidência de 1% ou mais em pacientes tratados com Prit- telmisartan em estudos controlados com placebo são apresentados na tabela a seguir. Na tabela, os efeitos adversos são apresentados, independentemente de sua relação causal.

Posologia de Pritor

A dose recomendada é 40 mg, uma vez ao dia. Alguns pacientes podem se beneficiar em uma dose diária de 20 mg. Em casos onde a pressão arterial pretendida não é atingida, a dose de Prit- telmisartan pode ser aumentada para o máximo de 80 mg, uma vez ao dia. Como alternativa, Prit- telmisartan pode ser usado em combinação com diuréticos do tipo tiazídicos, como hidroclorotiazida, que têm demonstrado um efeito aditivo na redução da pressão arterial com Prit- telmisartan. Quando pretende-se elevação da dose, deve-se ter em mente que o efeito anti-hipertensivo máximo é geralmente atingido entre quatro e oito semanas após o início do tratamento. Insuficiência renal: Nenhum ajuste da posologia é necessário para pacientes com insuficiência renal leve a moderada. Insuficiência hepática: Em pacientes com insuficiência hepática leve a moderada, a posologia não deve exceder 40 mg, uma vez ao dia.

Produtos Relacionados
Histórico de navegação