ORALPRED 3MG SOLUÇÃO ORAL 60ML

ORALPRED 3MG SOLUÇÃO ORAL 60ML

ORALPRED. MEDICAMENTO.
Fabricante: Biolab
De R$ 21,20
R$ 18,93 à prazo
R$ 18,36 à vista
Este produto está indisponível para compra
ORALPRED 3MG SOLUÇÃO ORAL 60ML É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.

Oralpred

 

Laboratório de Oralpred

Biolab Sanus

Apresentação de Oralpred

Oralpred é apresentado em fr. susp. 60 ml 3mg/ml

Indicações de Oralpred

Oralpred é indicado nas seguintes condições: Alterações endócrinas, distúrbios reumáticos, colagenose, estados alérgicos, doenças dermatológicas, oftálmicas, respiratórias, neoplásicas, gastrointestinais, neurológicas e estados edematosos, entre outras (meningite tuberculosa com bloqueio subaracnóide ou bloqueio iminente, triquinose e dermatomiosite sistêmica (polimiosite) .

Contra Indicações de Oralpred

Oralpred é contra indicado em caso de infecções fúngicas sistêmicas; hipersensibilidade aos componentes da fórmula

Advertências sobre o uso de Oralpred

Gerais - em pacientes sob terapia com corticosteróides submetidos a situações incomuns de estresse (trauma, cirurgia, etc.), recomenda-se que a dosagem de corticosteróides seja aumentada rapidamente, antes, durante e após a situação estressante. Os corticosteróides podem marar alguns sinais de infecção e novas infecções podem aparecer durante o tratamento. Durante o uso de corticosteróides pode haver diminuição da resistência e dificuldade na localização de infecções.

Uso na Gravidez de Oralpred

como estudos adequados de reprodução humana não foram feitos com corticosteróides, o uso de prednisolona na gravidez, lactação ou em mulheres com potencial de engravidar, requer que os possíveis benefícios da droga justifiquem o risco potencial para a mãe, embrião ou feto. Lactação - a prednisolona é excretada no leite materno, em baixos níveis (menos que 1% da dose administrada). Medidas de cautela devem ser tomadas quando a prednisolona fadministrada às lactantes.

Posologia de Oralpred

A dosagem inicial de Oralpred pode variar de 5 a 60 mg pdia, dependendo da doença específica que está sendo tratada. As doses requeridas são variáveis e devem ser individualizadas de acordo com a doença em tratamento e a resposta do paciente. Para bebês e crianças, a dosagem recomendada deve ser controlada pela resposta clínica e não pela adesão estrita ao valindicado pelos fatores idade e peso corporal. A dosagem deve ser reduzida ou ontinuada gradualmente quando a droga fadministrada pmais do que alguns dias. Em situações de mengravidade, doses mais baixas, geralmente, são suficientes, enquanto que para alguns pacientes, altas doses iniciais podem ser necessárias. A dose inicial deve ser mantida ou ajustada até que a resposta satisfatória seja notada. Depois disso deve-se determinar a dose de manutenção ppequenos decréscimos da dose inicial a intervalos de tempo determinados, até que se alcance a dose mais baixa para se obter uma resposta clínica adequada. Deve-se ter em mente que é necessária uma constante observação em relação à dosagem de Oralpred. Se pum período razoável de tempo não ocorrer resposta clínica satisfatória, o tratamento com Oralpred deve ser interrompido e o paciente transferido para outra terapia apropriada. Incluem-sesituações nas quais pode ser necessário ajuste na dose: mudança no estado clínico secundário premissão ou exacerbação no processo da doença, a suscetibilidade individual do paciente à droga e o efeito da exposição do paciente a situações estressantes não diretamente relacionadas à doença em tratamento; se fnecessário que o tratamento seja interrompido, é recomendado que a retirada seja gradual e nunca abrupta.

Produtos Relacionados
Histórico de navegação