Você está no Blog da Sare Drogarias

Doenças cardíacas são apontadas como principal causa de morte no Brasil

Dados do Ministério da Saúde alertam sobre os altos riscos de doenças cardiovasculares.



Segundo o Ministério da Saúde cerca de, 344 mil pessoas morrem anualmente em decorrência de doenças cardiovasculares no Brasil. Para reduzir esse número, o Brasil assinou o compromisso de diminuir os casos de mortes, por infartos, derrames e acidentes vasculares cerebrais, em 25% até o ano de 2025. 

 

De acordo com especialistas da Sociedade Brasileira de Cardiologia, para atingir esta meta, é necessário conscientizar a população para a alta gravidade de todos esses problemas. O principal fator que preocupa os médicos, é a obesidade que assola mais da metade da população. 

 

Pesquisas realizadas nos Estados Unidos comprovam que crianças com sobrepeso têm duas vezes mais riscos de sofrer com hipertensão e doenças cardíacas quando chegarem à fase adulta. Cardiologistas ressaltam “É preciso tratar os fatores de risco agora, para evitar infartos lá na frente”. 

 

A dificuldade na mudança de hábitos da população, estimula o crescimento do número de obesos. Infelizmente, muitas pessoas ainda não se conscientizaram que para ter uma vida saudável, é necessário adotar uma dieta equilibrada e evitar o fumo. Pesquisas tem demonstrado que a população está comendo mais carne com gordura e está cada vez mais sedentária, diante de computadores e videogames. 

 

Para conscientizar a população, especialistas da Sociedade Brasileira de Cardiologia estão promovendo projetos e ações, com vários estudos e pesquisas, com informações dos riscos de doenças cardiovasculares. Bem como, estão ressaltando a importância de manter em controle as altas taxas de colesterol no sangue (que podem ser tratadas com o medicamento Sinvastatina) e os níveis de glicemia controlados. Pois o controle destes níveis é fundamental para o bom fluxo sanguíneo e funcionamento do organismo. 

 

Para garantir qualidade de vida, saúde e bem-estar, especialistas também alertam para a importância da prática de atividades físicas regulares, bem como a mudança de hábitos alimentares que é essencial. Substituir alimentos industrializados por frutas, legumes, verduras, cereais e fibras, pode fazer toda a diferença. Com um organismo saudável, nos afastamos dos altos riscos que as doenças cardiovasculares podem nos causar.