Você está no Blog da Sare Drogarias

Cafeína pode limitar o bom fluxo sanguíneo

Após os exercícios físicos, normalmente o fluxo sanguíneo melhora, no entanto, a cafeína pode dificultar esse fluxo.


 

Um estudo realizado com voluntários saudáveis, mostrou que uma quantidade de café equivalente a duas xícaras, reduz a capacidade do corpo de melhorar o fluxo sanguíneo para o coração, em resposta aos exercícios físicos. 

 

A equipe de pesquisadores analisou 18 jovens saudáveis, acostumados a consumir café regularmente. Na primeira parte do estudo, 10 participantes foram submetidos a exames antes e depois de pedalar uma bicicleta ergométrica. Na segunda parte, 8 participantes ficaram em uma câmara que simulava o rarefeito correspondente a uma altitude de 4.500 metros. 

 

Esta segunda parte do estudo foi realizada para simular como a artéria coronariana priva o músculo cardíaco de oxigênio. Em ambos os grupos, as análises foram realizadas após cada participante ingerir um tablete contendo 200mg de cafeína (equivalente a duas xícaras de café). 

 

Após estas análises, os pesquisadores concluíram que a cafeína não afetou o fluxo sanguíneo, enquanto os participantes estavam em repouso. No entanto, após os exercícios, o fluxo sanguíneo era inferior e menor. Este efeito se destacou principalmente entre os participantes que ficaram na câmara simuladora de alta altitude. 

 

Normalmente, o fluxo sanguíneo aumenta após a prática de exercícios físicos. Contudo, a cafeína reduz a capacidade do corpo de elevar o fluxo sanguíneo para o miocárdio. Para se ter ideia, a reserva de fluxo miocardial (responsável pelo bom fluxo sanguíneo), foi cerca de, 22% menor no grupo que apresentava pressão normal e 39% menos no grupo que participou da análise na câmara simuladora. 

 

Segundo um dos responsáveis pelo estudo, Dr. Philipp, a cafeína pode bloquear alguns receptores das paredes das artérias, o que interfere no processo normal pelo qual a adenosina, sinaliza os vasos sanguíneos para se dilatarem após as atividades físicas. 

 

Para pacientes que sofrem com aterosclerose, doenças coronárias ou colesterol alto, especialistas recomendam o medicamento Sinvastatina, que atua melhorando o fluxo sanguíneo e reduzindo os riscos destas doenças. 

 

Ainda que a cafeína seja um estimulante, os resultados deste estudo indicam que o café pode não melhorar o desempenho do atleta e ainda prejudicar o bom fluxo sanguíneo das artérias. O que pode resultar em uma obstrução das mesmas, causando infartos, derrames, altas taxas de colesterol e agravamento de doenças coronárias.