Levordiol C/28 Comprimidos Simples

Levordiol C/28 Comprimidos Simples

LEVORDIOL. LEVONORGESTREL.
Principio Ativo: LEVONORGESTREL , ETINILESTRADIOL
Fabricante: Novaquímica
Fornecimento: Descontinuado
EAN: 7894916204705
Código MS: 1356906210011
De R$ 20,16 Por R$ 18,00
R$ 17,46 à vista
Este produto está indisponível para compra
Este produto teve sua fornecimento descontinuado
Levordiol C/28 Comprimidos Simples É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.
LevordiolIndicações de Levordiol

Levordiol é indicado para contraceptivo, no controle de irregularidadesmenstruais e na supressão da ovulação.

Efeitos Colaterais de Levordiol

Entre os efeitos colaterais possíveis de associaçõesprogestógeno-estrogênicas podem ser citados dde cabeça, náuseas, vômitos,discretas alterações de peso corpóreo, tensão nos seios, modificações do fluxomenstrual, alterações da libido, humdeprimido, manchas na pele, sangramentosintermenstruais.

Como Usar (Posologia) de Levordiol

A paciente deve ser instruída a tomar um comprimido ao dia, sempre no mesmohorário, principalmente após o jantar ou ao deitar, com pequena quantidade delíquido, sem mastigar. Iniciar o tratamento no 5º dia do ciclo menstrual,independente do sangramento haver terminado ou não, ingerindo um comprimido aodia, seguindo a ordem numérica indicada no verso da cartela. Durante osprimeiros 14 dias do primeiro ciclo de tratamento é necessário tomar medidasanticoncepcionais não hormonais adicionais, tipo barreira mecânica (camisinha,diafragma). Levordiol deve ser administrado ininterruptamente; ao terminar umacartela a paciente deverá iniciar outra, imediatamente no dia seguinte. Casoocorra sangramento intermenstrual transitório a paciente deverá ser instruída anão interromper o tratamento. Se a hemorragia fpersistente e prolongada omédico deverá ser informado. Omissão de comprimidos: caso a paciente esqueça detomar 1 ou 2 comprimidos de Levordiol, deverá tomá-los tão logo se lembre. Ocomprimido imediatamente posteriao(s) esquecido(s) deverá ser ingerido nohorário programado e um método contraceptivo não hormonal adicional, tipobarreira mecânica, deverá ser utilizado até a menstruação seguinte. Caso apaciente tenha esquecido de tomar três ou mais comprimidos consecutivosrecomenda-se interromper o tratamento e utilizar outro método contraceptivo,como barreira mecânica, até a próxima menstruação quando no 5º dia, deverá seriniciado novo blister de Levordiol. Se os comprimidos omitidos forem da corsalmão, recomenda-se que sejam ingeridos tão logo a paciente se lembre e que otratamento seja então continuado na seqüência normal, pois tais comprimidos sãoisentos de hormônios, contendo apenas Levordiol - vitamina B6 como componenteativo. Se no esquecimento de um ou mais comprimidos não ocorrer menstruação nociclo posterior, recomenda-se interrupção imediata da medicação e verificaçãoda possibilidade de gravidez. Superdosagem: a superdosagem parece apresentarsintomas imediatos e os sintomas em longo prazo não formam firmementeestabelecidos. Quando ocorrer superdosagem, pode ser feita lavagem gástrica sea ingestão frecente. Medidas gerais de observação e controle dos sintomasdevem ser tomadas. Testes de função hepática podem ser feitos, principalmenteverificação dos níveis de transaminases, até 3 semanas após a ocorrência dasuperdosagem.

Contra-Indicações de Levordiol

Levordiol é contra indicado em caso de mulheres que apresentarem pelo menosuma das seguintes condições: gravidez suspeita ou confirmada, doençasvulares cerebrais ou coronarianas, distúrbios graves da função hepática,histórico de icterícia com o uso anteride contraceptivo hormonal ou deicterícia colestática da gravidez, síndrome de Dubin-Johnson ou Rotor,tromboflebites ou doenças tromboembólicas, diabetes acelerado, anemiafalciforme, carcinoma de mama ou dos genitais, suspeito ou confirmado,neoplasia estrógeno-dependente, suspeita ou confirmada, sangramento genitalanormal, herpes gravídico. Ã? contra-indicada a utilização deste produto duranteo período de amamentação.

Precauções de Levordiol

Aconselha-se antes de prescrever contraceptivos hormonais, realizar examefísico e histórico clínico completos, repetindo-se este cuidado periodicamentedurante o seu uso. Atenção especial deve ser dedicada à pressão arterial,mamas, abdômen e órgãos pélvicos, incluindo esfregaços de Papanicolaou.Sangramentos intermenstruais podem ocorrer eventualmente em usuárias decontraceptivos orais, especialmente durante os três primeiros meses de uso.Causas não hormonais devem ser consideradas e medidas diagnósticas adequadasdevem ser feitas para verificar malignidade, tanto nos casos de sangramentosintermenstruais como em qualquer sangramento vaginal irregular. Se a patologiafexcluída, observar palgum tempo e ontinuar a medicação senecessário. Em caso de amenorréia, pesquisar gravidez. Uma vez que Levordiol -levonorgestrel e Levordiol - etinilestradiol podem causar certo grau deretenção líquida, condições que possam ser influenciadas pesse fatcomoepilepsia, enxaqueca, asma, disfunção cardíaca ou renal, requerem cuidadosaobservação. Em pacientes com histórico de depressão psíquica, recomenda-seacompanhamento cuidadoso. Caso a depressão volte a se manifestar de maneirasignificativa, ontinuar a medicação. Foi observada uma diminuição datolerância à glicose em uma percentagem significante de pacientes com o uso deanovulatórios. Portanto, pacientes diabéticas devem ser constantementemonitoradas durante o uso de Levordiol. Leiomiomas uterinos podem aumentar detamanho devido ao uso de associações estrógeno-progestogênicas. Descontinuar ouso de Levordiol nos casos em que ocorram icterícia colestática. Pestarazão, pacientes com história de icterícia colestática da gravidez deverão sercuidadosamente monitoradas durante o uso de anovulatórios. O uso deanovulatórios poderá afetar testes de função hepática e avaliações endócrinas.Quando estes não estiverem normais na paciente, ontinuar o uso deLevordiol. Repetir os testes dois meses após a interrupção do tratamento. Osanovulatórios podem diminuir os níveis séricos dos folatos. Pacientes queinterrompem a medicação e que engravidam pouco tempo depois, poderãodesenvolver deficiência de folatos e complicações decorrentes. Recomenda-se queas mulheres que interrompem o uso de anovulatórios com a intenção de engravidarutilizem uma forma alternativa não esteróide de proteção contra a gravidez poralgum tempo, antes de tentar engravidar. Cuidados especiais: o clínico deveráavaliar criteriosamenteprimeiras manifestações de trombose (tromboflebites,perturbações cerebrovulares, embolia pulmonar e trombose retiniana). Otratamento com Levordiol deverá ser imediatamente interrompido caso estasmanifestações sejam observadas ou suspeitas. Em caso de perda súbita, parcialou total da visão; ou quando se verifique princípio de exoftalmia, diplopia ouenxaqueca deve-se interromper imediatamente o tratamento. Igualmente cessar otratamento se o exame constatar edema papilar ou lesões retinianas vulares.- Advertências: o uso de cigarros aumenta o risco de efeitos colateraiscardiovulares sérios dos anovulatórios. Este risco está aumentado com aidade e com o fumo intenso (15 ou mais cigarros pdia) e é bastanteimportante em mulheres acima de 35 anos de idade. Mulheres que utilizamanovulatórios deve ser aconselhadas a não fumar. Existe risco aumentado deinfarto do miocárdio ligado ao uso de anovulatórios. Foram relatados raroscasos de tumores hepáticos, ocasionalmente fatais, em usuárias de anovulatóriosa curto e em longo prazo. Tais lesões podem se apresentar como uma massaabdominal ou sinais e sintomas de abdômen agudo. Estas lesões devem serconsideradas caso a paciente apresente dabdominal espontânea ou mediante àpalpação, ou evidências de sangramento intra-abdominal. A administração deanovulatórios no período pós-parto pode interferir com a lactação. Poderá haveruma diminuição na quantidade e qualidade do leite materno. Não foi determinadose pequenas quantidades das substâncias hormonais presentes no leite materno,provenientes do anovulatório, exercem algum efeito sobre a criança amamentada.Foi verificado que há mairisco de moléstias da vesícula biliar em pacientesque fazem uso de anovulatórios e de estrógenos. Foi constatado que há aumentoda pressão arterial em pacientes que fazem uso de anovulatórios. Em algunscasos a hipertensão poderá ocorrer alguns meses após o início da medicação. Aincidência de hipertensão é maiapós o primeiro ano de uso. A idade tambéminflui no aparecimento de hipertensão. Pacientes que já acusaram hipertensãodurante a gravidez podem ser mais propensas a ter aumento da pressão arterialao usarem anovulatórios. Descontinuar a medicação caso a pressão aumente acentuadamente.A hipertensão surgida com o uso de anovulatórios, em geral, volta ao normalapós a interrupção do uso do produto. Face ao risco muito aumentado decomplicações tromboembólicas pós-cirúrgicas em usuárias de anovulatórios,aconselha-se ontinuar o tratamento, pelo menos, 4 semanas antes de umacirurgia associada a este risco. - Interações medicamentosas: o efeitocontraceptivo pode ser reduzido e o índice de sangramentos intermenstruaisaumentado quando há administração concomitante e regular de drogas como:ampicilina, rifampicina, fenilbutazona, hidantoína e barbitúricos. Há relatosde alterações entre estrógenos e antidepressivos tricíclicos, provocandosintomas de toxicidade em pacientes.

Apresentação de Levordiol

Levordiol é apresentado em cada cartela de Levordiol contém 28 comprimidos,sendo 6 comprimidos rosa, 5 comprimidos amarelos, 10 comprimidos brancos e 7comprimidos salmão.

Composição de Levordiol

Comprimido rosa: Levordiol - levonorgestrel 0,050 mg;Levordiol -etinilestradiol 0,030 mg; Levordiol - vitamina B6 10,0 mg. Excipiente q.s.p. 1comprimido. Comprimido amarelo: Levordiol - levonorgestrel 0,075 mg; Levordiol- etinilestradiol 0,040 mg; Levordiol - vitamina B6 10,0 mg. Excipiente q.s.p.1 comprimido. Comprimido branco: Levordiol - levonorgestrel 0,125 mg; Levordiol- etinilestradiol 0,030 mg; Levordiol - vitamina B6 10,0 mg. Excipiente q.s.p.1 comprimido. Comprimido salmão: Levordiol - vitamina B6 10,0 mg. Excipienteq.s.p. 1 comprimido.

Laboratório de Levordiol

Novaquímica Natures Plus

Escreva uma Avaliação

     1   2   3   4   5  
Produtos Relacionados