HYPERIUM 1MG C/30

HYPERIUM 1MG C/30

HYPERIUM. DIIDROGENOFOSFATO DE RILMENIDINA.
Fabricante: Servier
Disponibilidade: Envio imediato
De R$ 86,21 Por R$ 76,97
2x R$ 38,49
ou R$ 74,66 no pagamento à vista
Estimar entrega
Informe o seu cep para consulta do prazo de entrega e valores de frete.
HYPERIUM 1MG C/30 É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.
HyperiumIndicações de Hyperium

Hyperium é indicado para hipertensão arterial.

Efeitos Colaterais de Hyperium

Na dose de 1 mg em uma tomada diária, no decorrer dos estudos controlados, aincidência das reações adversas é comparável às observadas com o placebo. Nadose de 2 mg pdia, os estudos controlados comparativos versus clonidina nadose de 0,15 a0,30 mg/dia ou alfametildopa na dose de 500 a 1000 mg/dia, demonstraram que aincidência das reações adversas foi significativamente inferiàquela observadacom a clonidina ou com alfametildopa. As reações adversas são raras, benignas etransitórias nas doses terapêuticas: astenia, palpitações, insônia, sonolência,fadiga ao esforço, gastralgias, secura da boca, diarréia, erupção cutânea. Maisraramente pode-se observar: extremidades frias, hipotensão ortostática,distúrbios sexuais, ansiedade, síndrome depressiva, prurido, edemas, câimbras,náuseas, constipação, ondas de calor.

Como Usar (Posologia) de Hyperium

A posologia recomendada é de 1 comprimido de 1 mg pdia em uma únicatomada pela manhã. No caso de resultados insatisfatórios após um mês detratamento, a posologia poderá ser aumentada para 2 comprimidos pdia, emduas tomadas (1 comprimido pela manhã e outro à noite), nas principais refeições.Pela sua boa aceitabilidade clínica e biológica, Hyperium pode ser administradono hipertenso idoso e no hipertenso diabético. No paciente portaddeinsuficiência renal, se o clearance da creatinina fsuperia 15 ml/min,nenhuma modificação posológica é necessária, a princípio. O tratamento deve sermantido indefinidamente.

Contra-Indicações de Hyperium

Hyperium é contra indicado em caso de estados depressivos graves.Insuficiência renal grave (clearance da creatinina < 15 ml/min), porprecaução, na ausência de estudos atualmente disponíveis. Cuidados a seremtomados: nunca interromper bruscamente o tratamento, e sim diminuirprogressivamente a posologia.

Precauções de Hyperium

Como para todos os anti-hipertensivos, nos pacientes portadores de antecedentesvulares recentes (AVC, infarto do miocárdio), a administração de Hyperiumdeverá ser feita com acompanhamento médico permanente. O uso de álcool duranteo tratamento é desaconselhado. Na insuficiência renal, se o clearance dacreatinina fsuperia 15 ml/min, nenhuma modificação posológica se faznecessária. Na ausência de experiência documentada, não prescrever o produtopara crianças. Gravidez: como para qualquer nova molécula, a administração deHyperium deve ser evitada na gestação, embora nenhum efeito teratogênico ouembriotóxico tenha sido observado no curso das experimentações com animais.Amamentação: Hyperium é excretado no leite; portanto sua administração édesaconselhada durante o período de amamentação. Efeitos sobre a capacidade deconduzir veículos ou de utilizar máquinas: os estudos em duplo cego contraplacebo não demonstraram qualquer efeito de Hyperium sobre a vigilância emdoses terapêuticas (1 ou 2 tomadas diárias de 1 mg). No caso de ultrapassarestas doses ou de associação com medicamentos susceptíveis de diminuir avigilância, é conveniente advertir os motoristas e os operadores de máquinassobre a possibilidade de sonolência. - Interações medicamentosas: associaçõesdesaconselhadas: a associação aos IMAO é desaconselhada; a associação aosantidepressivos tricíclicos deve ser considerada com cautela, pois a atividadeanti-hipertensiva de Hyperium poderá ser parcialmente antagonizada. Associaçõespossíveis: a ausência de interação com outros medicamentos permite sua prescriçãosimultaneamente com antidiabéticos orais, insulina, hipouricemiantes,hipolipemiantes, digitálicos, antiarrítmicos, anticoagulantes, analgésicos,antiinflamatórios, outros anti-hipertensivos (em particular os diuréticos e adiidralazina, mas também betabloqueadores, inibidores do cálcio, inibidores daenzima de conversão). Superdosagem: nenhum caso de superdosagem foi relatadoaté o momento. Os sintomas previstos para caso de superdosagem seriamhipotensão acentuada e distúrbios da vigilância. O tratamento preconizado, alémda lavagem gástrica, seria com o auxílio dos simpaticomiméticos. Hyperium éfracamente dialisável.

Apresentação de Hyperium

Hyperium é apresentado em caixa com 30 comprimidos de 1 mg.

Composição de Hyperium

Cada comprimido contém 1,544 mg de Hyperium - diidrogenofosfato derilmenidina, quantidade correspondente a 1 mg de rilmenidina base, excipientesq.s.p.

Laboratório de Hyperium

Servier do Brasil Ltda.

Escreva uma Avaliação

     1   2   3   4   5  
Produtos Relacionados