Diclostir 70MG C/14

Diclostir 70MG C/14

Diclostir é comercializado com três embalagens diferentes. Aqui você encontrará Diclostir em embalagem com 14 comprimidos de 70mg de diclofenaco colestiramina
Fabricante: Sigma Farma
Disponibilidade: Envio imediato
De R$ 15,50 Por R$ 13,84
R$ 13,42 à vista
Estimar entrega
Informe o seu cep para consulta do prazo de entrega e valores de frete.
Diclostir 70MG C/14 É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.
Diclostir Diclostir é comercializado com três embalagens diferentes. Aqui você encontrará Diclostir em embalagem com 14 comprimidos de 70mg de diclofenaco colestiramina. Reações adversas de Diclostir   A seguir vejareações adversas que o uso prolongado e a curto prazo que Diclostir podem causar. Reações adversas comuns a Diclostir Diclostir pode causar Cefaléia, tontura, vertigem, náusea, vômito, diarréia, dispepsia, cólicas abdominais, flatulência, anorexia, elevação dos níveis séricos das transaminases e rash. Reações adversas raras ao uso de Diclostir Diclostir pode causar Reações de hipersensibilidade, reações anafiláticas e anafilactóides, como hipotensão e choque; sonolência, asma, dispnéia, gastrites, sangramento gastrintestinal, hematêmese, melena, diarréia sangüinolenta, úlcera gastrintestinal, hepatite, icterícia, distúrbios hepáticos, urticária e edema. Reações adversas muito raras ao uso de Diclostir Diclostir pode causar trombocitopenia, leucopenia, anemia hemolítica e aplástica, agranulocitose, edema angioneurótico, edema facial, desorientação, depressão, insônia, pesadelos, irritabilidade, distúrbios psicóticos, distúrbios da sensibilidade, parestesia, distúrbios da memória, convulsões, ansiedade, tremores e meningite asséptica. Diclostir também pode causar distúrbios do paladar, acidente cerebrovular (AVC), distúrbios da visão, visão borrada, diplopia, deficiência auditiva, tinitus, palpitação, dores no peito, insuficiência cardíaca, infarto do miocárdio, hipertensão, vulite, pneumonite, colites hemorrágica e irritação da colite ulcerativa, doença de Crohn. Diclostir ainda pode causar constipação, estomatite, glossite, lesões esofágicas, estenose intestinal diafragmática, pancreatite, erupção bolhosa, eczema, eritroderma, eritema multiforme, síndrome de Stevens-Johnson, síndrome de Lyell (necrólise epidérmica tóxica), dermatite esfoliativa, perda de cabelo, reação de fotossensibilidade, púrpura, púrpura alérgica e prurido, insuficiência renal aguda, hematúria, proteinúria, síndrome nefrótica, nefrite intersticial, necrose papilar renal Posologia de Diclostir Dosagem de diclostir recomendada a adultos: uma a duas cápsulas pdia. A dose diária de Diclostir deve ser  dividida em duas ocasiões de administração.
Produtos Relacionados
Histórico de navegação