Bem Vindo a Sare Drogarias

Televendas

(11) 2021-6464

Cáscara sagrada 75mg 45 cápsulas

Fabricante: Herbarium

Código do Produto: 7896083400164

De R$ 32,13 Por R$ 30,09

R$ 28,59 no pagamento à vista.

Simular
bandeiras de cartões

DESCRIÇÃO DO PRODUTO

Cáscara sagrada

  • Substância ativa: Rhamnus Purshiana 75mg
  • Apresentação: Embalagem de 45 cápsulas.
  • Forma Farmacêutica: cápsulas gelatinosa dura
  • Uso Adulto 

Indicação de uso da Cáscara Sagrada

Cáscara sagrada é indicada como um laxante para momentos de prisão de Ventre Ocasional.

Contra-indicação a Cáscara sagrada

  • Cáscara sagrada não deve ser utilizado durante a gravidez e a lactação, nem a pessoas com doenças inflamatórias do intestino como, colite ulcerosa, síndrome do intestino irritável e doenças de Crohn, ou pessoas com obstrução intestinal ou apendicite.
  • Cáscara sagrada é contra-indicado a pacientes cólicas, hemorroidas ou nefrite.
  • Cáscara sagrada não deve ser administrado a pacientes com desordens abdominais não diagnosticadas, como dor, náuseas e vômitos. Cáscara sagrada é contra-indicado também não deve ser administrado em pessoas com desidratação severa.

Conselhos de uso - Cáscara sagrada

Tome duas cápsulas no meio da tarde ou antes de dormir. A Cáscara Sagrada não deve ser utilizada pperíodos maiores do que duas semanas sem a devida orientação médica.

Avisos e colocações sobre o Cáscara sagrada

Em caso de hipersensibilidade a Cáscara sagrada, recomenda-se a ontinuação da terapia com esse medicamento e que consulte um médico. O uso abusivo de Cáscara sagrada pode ocasionar desequilíbrio eletrolítico  (causando hipocalemia ou hipocalcemia), má absorção de nutrientes, perda de peso, fraqueza, que pode ser mais intensa em pacientes idosos. O uso contínuo de Cáscara sagrada pode causar o agravamento da constipação com consequente dependência do laxante, acarretando paralisia da contrabilidade intestinal e pigmentação melanócita da mucosa, que desaparece após a ontinuação do tratamento com esse produto. o uso prolongado de laxantes em pacientes com constipação pode causar alteraçõs na mucosa retal. Após longo tempo de uso, foram relatados casos de esteatirreua e perda de proteínas. Pode ocorrer também aldosteronismo secundário devido a uma deficiência renal tubular. Em casos raros, o uso prolongado de laxantes pode ocasionar arritmias cadíacas, nefropatias, edema e desmineralização óssea. O uso crônico ou abuso do fitoterápico em questão pum período superide 9 a 12 meses pode aumentar o risco de desenvolvimento de câncer de cólon retal. Não tome doses maiores do que o recomendado. 

Reação Adversa a Cáscara sagrada

Espasmos do trato gastrointestinal.

 

-->