Vitamina C ajuda na prevenção do envelhecimento


Cosméticos à base da vitamina e fontes alimentícias do nutriente ajudam a reduzir a ação dos radicais livres

Não há dúvidas de que a vitamina C (ácido ascórbico), além de ajudar na prevenção de doenças e na formação dos ossos e dentes, é uma grande aliada da beleza. Estudos já comprovaram que os dermocosméticos que levam a vitamina em sua composição são capazes de eliminar radicais livres, diretamente responsáveis pelo envelhecimento da pele e do corpo. Nos cremes de tratamento, ela promove a regeneração celular, uniformiza o tom da pele e ameniza manchas.

Os compostos de beleza à base da vitamina C oferecem um conjunto de benefícios que colaboram para o aspecto jovem e saudável da pele. O nutriente estimula a síntese de colágeno – uma das principais proteínas de sustentação da pele – e aumenta as defesas da derme, uma vez que aumenta a imunidade das células cutâneas. Por se tratar de um poderoso antioxidante, os efeitos preventivos são intensos. A vitamina C favorece o clareamento da pele, assim como atua na distribuição dos melanócitos, responsáveis pela pigmentação da pele. Por conta disto, é uma boa alternativa para quem não pode fazer tratamentos clareadores à base de hidroquinona (o agente mais comum usado para clarear a pele).

A vitamina C, enquanto nutriente presente nos alimentos frescos e crus, especialmente nas frutas cítricas, como o limão, laranja, goiaba, kiwi, morango e acerola, é necessária para que o organismo faça a síntese de colágeno, que dá tônus à pele. O brócolis, couve, batata doce e tomate também são fontes da vitamina. Ingerir vitamina C por meio da alimentação é uma ótima atitude de prevenção ao envelhecimento. Altas temperaturas e exposição ao ar e à luz a destroem e sua carência (avitaminose) na alimentação acarreta escorbuto, uma doença grave. 

Por: AgComunicado