Violência psicológica: o que é e como identificar?


É tão dolorosa ou talvez mais, do que a violência física

Se você entende por violência apenas a agressão física, saiba que há um tipo de violência que pode vir a machucar ainda mais: trata-se da violência psicológica. 

Este é um tipo de violência que nem sempre vem acompanhada por dor física, mas provoca sentimentos destrutivos como humilhação, estresse, leva a pessoa ao sofrimento psíquico e pode ser até mais incômodo do que a dor física propriamente dita, podendo trazer, inclusive, terríveis consequências ao lado emocional.

Este tipo de violência se caracteriza por comportamentos que desrespeitam a autonomia, a integridade física e psicológica de uma pessoa. O agressor leva a pessoa a se sentir insegura, acuada, sem reação.

Como pode ser identificada a violência psicológica?

Este tipo de violência se caracteriza por ofensas, é quando a pessoa coloca a outra sempre em lugar de inferioridade. O agressor geralmente condena a vítima, sempre diz que tudo que ela faz está errado. O agressor é possessivo e tenta controlar o dia da vítima. Acusações são feitas e sempre a vítima é a culpada por tudo que acontece.

A violência psicológica pode chegar ao isolamento que é quando o agressor afasta a vítima de seus amigos e familiares, por meio de imposições e ordens.

Quem sofre a violência psicológica pode vir a se tornar uma pessoa violenta, mas na maioria dos casos, o que ocorre é o afastamento do convívio social, como uma forma de fuga e proteção. 

Para estes casos, a terapia é fundamental, aliás, até mesmo quando a pessoa está vivenciando um episódio de violência psicológica, mas não se sente forte o bastante para sair dessa situação, procurar ajuda especializada, é fundamental. 

Cercar-se de informações é importante. Compartilhar o medo com pessoas de confiança também é bem-vindo. Não se mantenha em situação de opressão se estiver vivendo algo assim.

 

Fonte

O que é a violência psicológica? Trilhando Autonomia. 

 

Daiana Barasa