Tratamento da Encefalite Letárgica


Veja como a Encefalite Letárgica pode ser tratada e como ela vem sendo divulgada na cultura popular!

Tratamento da Encefalite Letárgica
 
 
O Tratamento de encefalite letárgica na fase inicial é a estabilização do paciente, que pode ser muito difícil. Há poucas evidências até agora de um tratamento coerente e eficaz para as fases iniciais, embora alguns pacientes que tomaram esteroides tiveram melhoria. Outros pacientes foram menos afortunados, a doença é progressiva, com evidências de dano cerebral semelhante à doença de Parkinson. O tratamento é sintomático. Levodopa (l-dopa) e outras drogas anti-parkinson muitas vezes produzem respostas dramáticas. No entanto, a maioria dos pacientes que receberam l-dopa na década de 1960 a melhora da doença foi curta. O curso de encefalite letárgica varia dependendo da complicação ou dos sintomas acompanham os distúrbios. A droga Zolpidem, comumente usada como um remédio para dormir, foi relatada para ser bem sucedida no tratamento da encefalite letárgica.
 
 
Encefalite Letárgica na Cultura Popular
 
 
1. Hawes, o personagem do livro da Agatha Christie “Assassinato na casa da pastor” (1930), foi descrito como sofrendo desta síndrome.
 
2. Na década de oitenta a banda “Big Black” gravou uma canção sobre a epidemia da encefalite letárgica, chamada "Dopa" (1987).
 
3. A doença desempenha um papel proeminente na primeira edição do livro de quadrinhos de Gaiman Sandman (como destaque nas edições Sandman: prelúdios e noturnos, Sandman: casa de bonecas e Sandman Vol. 1, 1991).
 
4. A doença é pesquisada e mencionada no programa de televisão canadense ReGenesis, nos poucos últimos episódios da segunda série do ano de 2006. 
 
5. A doença também está envolvida em um dos episódios do programa de televisão estadunidense de ficção científica Alphas, em um episódio chamado "A short time in paradise" (2011).
 
Henrique Torres