Tatuagens: cuidados na hora de fazê-la


Para fazer uma tatuagem sem riscos, siga algumas recomendações da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Transformar o corpo em uma obra de arte, ou simplesmente expressar sentimentos, conquistas pessoais e pensamentos – a tatuagem pode representa isso e muito mais. Ela é hoje marca registrada das mais variadas “tribos”. No entanto, alguns cuidados são recomendados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia para a escolha do local e cuidados a tomar após o procedimento.

Atualmente pode-se fazer tatuagens tanto em estúdios que se dedicam às “tattos” como em algumas clínicas de estética que também realizam este procedimento.

Alguns cuidados a tomar:

Escolha o local, de preferência, com antecedência. Visite-o e observe as condições de higiene e limpeza;
O profissional que faz a tatuagem deve estar bem asseado e usar luvas de látex;
Exija o uso de materiais descartáveis (agulhas, luvas e recipientes de tintas) para evitar a transmissão de doenças como hepatites, HIV e outras DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

Os dermatologistas não recomendam que pessoas que sofrem de algum tipo de doença dermatológica, como o vitiligo, a psoríase e verrugas façam tatuagens no corpo. A tatuagem é fixada na pele utilizando-se diversos pigmentos que atingem a camada mais profunda da derme. Os pigmentos podem provocar uma reação alérgica no local, com irritação, descamação ou inflamação.

Depois de feita, é importante manter o local sempre limpo e seco para evitar infecções e lesões, assim como é indicada a utilização de uma pomada cicatrizante. O uso de hidratante e bloqueador solar deve ser adotado quando houver exposição ao sol, uma vez cicatrizada a pele. E é proibido frequentar piscinas, praias, saunas, coçar o local e tirar a “casquinha” formada sobre a região durante o período de cicatrização, que leva em media dez dias. Neste período, exercícios físicos também são contraindicados.

Escolha o desenho que quer tatuar com calma e critério, para não se arrepender depois.

Por: AgComunicado