Tabagismo e doenças cardíacas


Você sabia que o tabaco é uma das principais causas de doenças cardiovaculares?

 
Frequentemente o cigarro é apontado como fator de risco de diversas doenças cardíacas. Os fumantes quando examinados, geralmente apresentam um alto risco de desenvolver várias desordens crônicas, que incluem depósito de gordura nas artérias, doenças pulmonares obstrutivas (bronquite e enfisema) e variados tipos de câncer. 
 
O depósito de gordura nas artérias, conhecido também como aterosclerose, é o principal fator de risco de doenças coronárias, que levam ao ataque cardíaco. O tabagismo aumenta a pressão sanguínea, causando hipertensão arterial sistêmica, colesterol alto, sedentarismo, diabetes, obesidade entre diversas outras doenças de risco. 
 
O hábito de fumar é reconhecido como “a principal causa de doenças e mortes”. A nicotina, contida no cigarro, é uma droga psicoativa que causa dependência. Os efeitos nocivos do fumo começam a partir do primeiro trago, quando a nicotina é absorvida rapidamente pelo organismo e chega ao sistema nervoso central, agindo como um estimulante.  
 
A nicotina também é responsável por diminuir a quantidade de oxigênio que chega ao coração, dessa forma, aumenta a tensão arterial e a frequência cardíaca, aumenta a coagulação do sangue e danifica as células do interior das artérias coronárias.
 
Sem contar que a fumaça do cigarro, contribui com a concentração e exposição de partículas no ar, cujos componentes químicos são tóxicos, cancerígenos e favorecem a má qualidade do ar, causando danos a saúde de crianças, adultos e asmáticos.
 
O tabaco reduz o HDL (colesterol bom) e quando é associado um histórico familiar de doenças cardiovasculares, aumenta drasticamente o risco de um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral. 
 
Pacientes que convivem com doenças coronarianas, geralmente utilizam o medicamento Sinvastatina, que reduz a produção de LDL (colesterol ruim) e controla as taxas de colesterol no sangue, facilitando o fluxo sanguíneo.
 
Especialistas recomendam que para reduzir o risco de doenças cardiovasculares, deixar de fumar é essencial. Para de fumar melhora o paladar, o olfato e ainda garante uma qualidade de vida. Deixar de consumir o tabaco só vai poupar sua saúde e a saúde dos que o rodeiam.