Substituir o açúcar refinado pode evitar o uso de medicamentos no futuro


Saiba as vantagens da substituição na dieta diária.

O alto consumo de açúcar refinado é um problema de saúde pública em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o recomendável é que essa ingestão não ultrapasse  10% do consumo diário total de calorias. Como exemplo, em uma dieta de 2 mil calorias por dia, a quantidade máxima de açúcar deveria ser de quatro colheres de sopa rasas.
 
No dia a dia das pessoas, porém, não é o que acontece. Sucos e refrigerantes açucarados, chocolates, bombons, bolos e diferentes tipos de sobremesas costumam ser consumidas quase que diariamente. É verdade que o açúcar melhora instantaneamente o humor e, talvez por isso, algumas pessoas chegam a se “viciar”, especialmente em chocolate. Desta forma, perdem o controle sobre seu peso e têm picos de glicemia. Não são raras as pessoas que, mesmo sabendo que precisam diminuir gordura corporal, especialmente a visceral, e reduzir os níveis de glicose no sangue, ainda assim continuam a consumir alimentos açucarados. Nestes casos, é necessária a conscientização sobre a necessidade de fazer uma reeducação alimentar, para evitar problemas de saúde futuros.
 
Atualmente existem diversos tipos de adoçantes que podem substituir o açúcar tanto para adoçar   bebidas como nas receitas. Em termos de amargor, há quem considere como mais palatáveis a stevia e a sucralose. O açúcar mascavo e o mel de abelha são considerados melhores que o açúcar comum por terem mais nutrientes, porém são altamente calóricos, não contribuindo para a perda de peso e diminuição da glicose no sangue.
 
É importante buscar orientações nutricionais para se evitar excesso de açúcar na alimentação, o que pode predispor ao desenvolvimento de diabetes e, com o tempo, levar à obesidade. É sempre melhor prevenir tais problemas do que precisar tratá-los. Ao ser diagnosticado, o paciente considerado obeso pode ser submetido a dietas mais rigorosas e tratamentos com medicamentos específicos como lipiblock, disponível na farmácia online mediante prescrição, e que ajudam a diminuir a absorção de gordura pelo organismo.
 
Por: AgComunicado