Sprycel: Medicamento importante no tratamento da Leucemia Mielóide Crônica


Entenda sobre este medicamento

Em primeiro lugar é fundamental esclarecer sobre a doença Leucemia Mielóide Crônica (LMC). A LMC é um tipo de câncer do sangue proveniente de uma mutação do DNA das células-tronco. 

As células-tronco são essenciais para a composição geral e complexa do sangue. Por isso tantos estudos científicos a partir das células-tronco no que se refere não apenas a descobertas de tratamentos de curas para a leucemia mas também no que se refere à doenças ósseas degenerativas.

O que precisa ser esclarecido em torno da Leucemia Mielóide Crônica é que a doença leva a degeneração de células que se multiplicam no sangue.

O medicamento Sprycel (dasatinibe) é voltado para o tratamento da leucemia mielóide crônica (LMC) em adultos. E pode ser utilizado em caso de intolerância a tratamento anterior.

A substância dasatinibe é perfeitamente metabolizada pelo organismo humano. Reações adversas costumam ser mencionadas como: vômito, náuseas, vertigem, fadiga, dores de cabeça, entre outros. Mas o medicamento costuma ser melhor aceito no tratamento da doença do que a substância imatinibe.

A leucemia é um dos tipos de cânceres mais agressores ao organismo, cujo tratamento se torna exaustivo. Os sintomas da doença costumam ser: dores nas articulações, náuseas, vômitos. 

O tratamento da doença é imediatamente iniciado após o diagnóstico, a ideia é destruir por completo as células leucêmicas a fim de fazer com que a medula óssea possa voltar a produzir células saudáveis. O tratamento envolve medicamento como é o caso do Sprycel e há casos que demandam o transplante da medula óssea. 

Em relação ao medicamento Sprycel, há alguns procedimentos que precisam ser realizados. Dentre eles, é importante que o paciente não tenha problema no fígado ou no coração, assim como não apresente intolerância à lactose.

Geralmente dois comprimidos são prescritos ao dia, os quais devem ser ministrados inteiros em parceria ou não com a alimentação.

O tratamento da leucemia, por ser um dos mais agressivos, conta com alguns sintomas desagradáveis devido às medicações e o paciente deve constantemente ser supervisionado, assim como deve informar ao médico quaisquer anormalidades no que se refere ao quadro de sintomas habitual.

O sprycel é um medicamento que engloba o leque de medicamentos disponíveis para tratar essa doença invasiva.

Fonte para informações sobre a Leucemia Mielóide Aguda: Abrale: Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia.

Daiana Barasa