Sonolência Torna mais Difícil de ser Grato


Veja como dormir afeta o sentimento de gratidão!

Sonolência Torna mais Difícil de ser Grato
 
 
Amie Gordon, um psicólogo da Universidade da Califórnia em Berkeley e investigador principal de um estudo aponta que muitas pessoas afirmam que elas estão apenas demasiadamente ocupadas para dormir, mesmo anunciando quão bem elas são capazes de funcionar e trabalhar com o mínimo tempo que tiveram de sono. Esta observação particular feita por Amie Gordon, particularmente interessa em como a falta de sono pode afetar os relacionamentos.
 
 
Mais de 60 casais na faixa etária de 18 a 56 anos participaram no estudo realizado por Amie Gordon e seus pesquisadores. Na primeira parte do experimento, os voluntários escreveram sobre os seus padrões de sono e como um pobre ou bom descanso afetou seu sentimento e sua gratidão para com seu parceiro. Na segunda parte, os participantes do estudo foram observados e gravados por uma fita de vídeo quando completavam as tarefas de resolução de problemas. Os resultados mostraram que os parceiros que dormiram mal exibiram menos apreço pelo seu parceiro.
 
 
Em uma terceira parte adicional do estudo, os participantes foram convidados a dizer as cinco coisas que eles eram mais agradecidos na manhã depois de uma noite de sono. Foram examinadas as qualidades das cinco coisas que os participantes diziam pelos pesquisadores. As pessoas que tiveram no sono uma má noite se sentiam menos apreciativos depois de listar as cinco coisas, em comparação com aquelas pessoas que tinham dormido bem.
 
 
Em conclusão, os resultados mostraram que noites de sono pobres têm um sentimento ruim nas pessoas, e quem dorme melhor se sente mais grato a seus parceiros e sabem realmente o seu verdadeiro valor.
 
 
Henrique Torres