Sono Ruim Altera o Corpo


Ter uma noite de sono pobre pode ter um efeito potencialmente profundo e negativo sobre o funcionamento interno do corpo

Sono Ruim Altera o Corpo
 
 
Ter uma noite de sono pobre pode ter um efeito potencialmente profundo e negativo sobre o funcionamento interno do corpo humano, dizem os pesquisadores. A atividade de centenas de genes é alterada quando o sono é cortado ou quando se dorme menos de seis horas por dia durante uma semana.
 
 
Escrevendo na revista PNAS, os investigadores disseram que os resultados do estudo ajudaram a explicar o quão um sono pobre prejudica a saúde do corpo. A doença cardíaca, o diabetes (que pode ser tratado com o medicamento Victoza), a obesidade e a função cerebral têm sido associados a disfunção do fono. O que a falta de horas na cama realmente faz para alterar a saúde, no entanto, é desconhecido.
 
 
Assim pesquisadores na Universidade de Surrey analisaram o sangue de 26 pessoas depois que elas tiveram um somo abundante, até 10 horas cada, durante uma semana e comparou os resultados com amostras após uma semana de menos de seis horas por noite.
 
 
Mais de 700 genes foram alterados pela mudança. Cada um contém as instruções para a construção de uma proteína, aqueles que se tornaram mais ativos produziram mais proteínas - mudando a química do corpo.
 
 
Enquanto isso o relógio natural do corpo foi perturbado - alguns genes naturalmente tiveram um declínio na atividade por meio do dia, mas esse efeito foi embotado pela privação do sono. O Prof. Colin Smith, da Universidade de Surrey, disse ao site da BBC: "Houve uma mudança dramática na atividade em muitos tipos diferentes de genes".
 
Henrique Torres