Soja preta contém poderoso antioxidante


Conheça os benefícios desse grão.

A soja é largamente conhecida como um “superalimento”, fonte de diversos nutrientes benéficos à saúde, que auxiliam na redução do colesterol ruim e dos sintomas provocados pela menopausa. Além da versão amarela, existe também a não tão conhecida soja preta, que contém um bônus adicional: as antocianinas de ação antioxidante, que combatem radicais livres, protegendo assim o organismo contra infecções. Estudos sugerem que ela ajudaria contra tumores e até contra a obesidade.

Segundo estudo realizado pela Universidade Hanyang, da Coreia do Sul, o consumo da soja preta reduz em 50% a absorção de gorduras – ajudando assim no processo de emagrecimento – e em 60% os níveis de colesterol ruim, o LDL – o que diminui riscos cardiovasculares. A comprovação deste estudo se deu a partir da observação de dois grupos de voluntários durante 28 dias. Um grupo incluiu a soja preta na dieta e o outro, não. Além deste resultado, os pesquisadores encontraram indícios de que o grão possa auxiliar também na prevenção do diabetes.

A presença da antocianina, responsável pela diferença de pigmentação da casca da soja, provoca no organismo ações que neutralizam os radicais livres. Esse processo atuaria na prevenção do câncer – principalmente o de mama – e do envelhecimento precoce da pele. Cerca de uma porção ao dia da versão preta da soja seria o suficiente para o corpo absorver os nutrientes e se beneficiar.

Outro componente da soja é a isoflavona, que atua contra os sintomas característicos da menopausa. A substância ajuda a combater as ondas de calor, a falta de libido e as alterações do humor e no peso da mulher. No entanto, vale ressaltar que os resultados são percebidos apenas com o consumo diário e a longo prazo. Não adianta inserir a soja hoje na dieta e imaginar que os benefícios serão expressivos e imediatos.

Uma dica para incluir a soja na dieta é variar no cardápio e utilizá-la como ingrediente em caldos, sopas, saladas, ou ainda cozinhá-la com feijão. A proteína de soja pode resultar em saborosos hambúrgueres e almôndegas. Há também a opção da farinha de soja preta, que pode ser batida com sucos e preparados (“vitaminas”).

Por: AgComunicado