Saiba o que é a Diabetes Gestacional


Entenda quais as origens e como funciona a Diabetes gestacional.

Diabetes gestacional

 
A diabetes gestacional é uma condição na qual as mulheres, sem diagnóstico prévio de diabetes, apresentam elevados níveis de glicemia durante a gravidez, especialmente durante o terceiro trimestre. O diabetes gestacional é causado quando os receptores de insulina não funcionam corretamente. Isto ocorre provavelmente devido a fatores da gravidez, tais como a presença de lactagen placentária humana que interfere com os receptores de insulina suscetíveis. Este, por sua vez, faz com que os níveis de açúcar no sangue se elevem de uma forma inadequada.


A diabetes gestacional geralmente tem poucos sintomas e é mais frequentemente diagnosticada pelos exames realizados durante a gravidez que diagnosticam níveis elevados de glicose em amostras de sangue.

 

A diabetes gestacional afeta 3-10% das gestações, dependendo da população estudada, isso pode ser um fenômeno natural. Tal como acontece com diabetes mellitus na gravidez em geral, os bebês nascidos de mães com diabetes gestacional possuem maior risco de ter problemas como quantidade de açúcar no sangue baixa, e icterícia. Se não for tratada, ela também pode causar convulsões no nascimento.

 

O diabetes gestacional é uma condição tratável e as mulheres que têm controle adequado dos níveis de glicose podem efetivamente diminuir esses riscos.
Mulheres com diabetes gestacional têm maior risco de desenvolver diabetes mellitus tipo 2 (ou, muito raramente, diabetes autoimune latente ou Tipo 1) após a gravidez, bem como ter uma maior incidência de seção pré-eclâmpsia e cesariana; seus filhos são propensos a desenvolver a obesidade na infância, com diabetes tipo 2 mais tarde na vida. A maioria das pacientes é tratada apenas com a modificação da dieta e exercício físico moderado, mas algumas tomam medicamentos antidiabéticos, incluindo a insulina. As mulheres tratadas para o diabetes gestacional geralmente têm bebês menores ao nascer, levando a outros problemas, tais como nascimentos prematuros e precoces, particularmente bebês do sexo masculino.

Henrique Torres