Quais os perigos da deficiência de vitamina D?


A deficiência de vitamina D causa raquitismo, osteomalácia e osteoporose!

 
 A deficiência de vitamina D causa raquitismo, osteomalácia e osteoporose!
 
 
Os ossos de pessoas com deficiência de vitamina D tendem a envelhecer mais rápido do que os ossos aqueles com níveis saudáveis de vitamina D, a chamada "vitamina do sol", os cientistas americanos e alemães encontraram. Os pesquisadores também mostraram que baixos níveis de vitamina D minam a qualidade óssea. O estudo foi publicado na revista Science Translational Medicine, e é intitulado "Deficiência de vitamina D induz sinais precoces de envelhecimento no osso humano, aumentando o risco de fratura". 
 
 
O líder da equipe dos EUA, Robert Ritchie, que trabalha na Divisão de Ciências e Materiais do Laboratório de Berkeley e da Universidade da Califórnia em Berkeley, disse: "A suposição foi de que o principal problema com a deficiência de vitamina D é reduzida mineralização para a criação de uma nova massa óssea, mas nós mostramos que baixos níveis de vitamina D também provoca o envelhecimento prematuro do osso existente". 
 
 
O líder da equipe alemã, Björn Busse, do Departamento de Osteologia e Biomecânica do Centro Médico da Universidade de Hamburgo, disse que: "Desvendar a complexidade da estrutura óssea humana pode fornecer algumas dicas sobre as formas mais eficazes para prevenir ou tratar fraturas em pacientes com deficiência de vitamina D". A vitamina D desempenha um papel importante na absorção de cálcio. A pele humana produz vitamina D quando é exposta à luz solar, e é por isso que é conhecida como a "vitamina do sol".
 
 
Se os níveis de vitamina D cairem demais, o corpo humano repõe os níveis de cálcio no sangue, removendo alguns dos ossos. Isto prejudica o processo de mineralização necessário para a formação dos ossos novos. As crianças que são deficientes em vitamina D são muito mais propensas a desenvolver raquitismo. Adultos com deficiência de vitamina D são mais propensas a desenvolver osteomalácia, a versão adulta de raquitismo. Osteomalácia refere-se ao amolecimento dos ossos, que são muito mais propensos a arco e fratura. A osteomalacia é diferente da osteoporose. 
 
 
Osteomalácia é um defeito no processo de construção do osso, enquanto a osteoporose refere-se ao enfraquecimento do osso já construído. Os principais sintomas da osteomalácia são dor óssea e fraqueza muscular. O tratamento para osteomalacia inclui suplementos de cálcio e vitamina D. No entanto, no melhor dos casos, apenas melhorias modestas na densidade mineral óssea são alcançados. Isto sugere que há outros fatores que reduzem o risco de fraturas. Caldê é um medicamento indicado no tratamento de processos nos quais esteja indicado um aporte de cáIcio, tais como prevenção da osteoporose, tireotoxicose, hipoparatireoidismo, osteomalacia e raquitismo.
 
 
Henrique Torres