Protetor solar: você tem o hábito de utilizar?


Conheça as fórmulas indicadas para cada tipo de pele

Usar protetor solar é sinônimo de saúde para a pele, e não é só fundamental utilizar em dias quentes, mas em todas as estações do ano. Mesmo com o câncer de pele cada vez mais frequente, muitas pessoas ainda desprezam a importância de usar o filtro solar todos os dias, até mesmo em locais fechados, por conta da luz artificial.

Mas não basta ir á farmácia, escolher uma marca e pronto, é importante que a fórmula respeite o tipo de pele, se a pele tiver acne, por exemplo, e o filtro solar tiver uma fórmula hidratante oleosa, essa pele pode ter o aspecto piorado pelo surgimento de mais acne.

É essencial consultar um dermatologista para que seja indicado o filtro solar ideal. Quando a pessoa cria o hábito de utilizar o protetor solar está protegendo a pele de queimaduras, ardor, vermelhidão e também está prevenindo o envelhecimento da pele provocado pela exposição solar.

Pele com acne: Pessoas que têm a pele mais oleosa e com propensão à acne, devem evitar protetores com fragrâncias, álcool e óleos. Há excelentes marcas com fórmula em gel, ou gel-creme (oil free), indicadas para estes tipos de pele.

Pele ressecada: Esse tipo de pele já pede um protetor com algum princípio hidratante, e mesmo assim, é importante repassar um produto hidratante específico para a pele, minutos antes de passar o filtro solar.

Peles de tons mais escuros: Pessoas que têm a pele escura, geralmente não utilizam protetor solar, porque acham que não há a necessidade, mas erram com esse atitude, é fundamental ter o hábito de usar o protetor, o fator pode ser o 15.

Para a pele das crianças: A pele das crianças é mais fina e merece cuidados, é fundamental que um filtro solar de fator 30 no mínimo seja utilizado diariamente.

Gestantes: Jamais podem deixar de utilizar o filtro solar, com ênfase na pele do rosto por conta das alterações hormonais e pela maior incidência do surgimento de manchas na pele.

Idosos: É importante cuidar da pele e não se esquecer do filtro solar, assim como no caso das crianças, na velhice a pele tende a se tornar mais fina e mais sensível, o filtro mínimo utilizado deve ser o 30.

Vale lembrar que protetores solares devem ser reaplicados a cada duas horas, e em casos de suor e banhos de piscina ou mar, a reaplicação deve ser imediata.

Os fios dos cabelos também precisam de cuidados com a exposição solar, há hoje inúmeras marcas no mercado que agregam filtro solar em seus produtos para cabelos.

Com a saúde da pele não se brinca, é importante não se esquecer nenhum dia de usar o filtro solar. Consulte um dermatologista e saiba qual é o produto mais indicado.

 

Daiana Barasa