Processos Biológicos e de Higiene com o Cabelo


Veja quais são os processode higiene para com o couro cabeludo.

Processos biológicos e de higiene com o couro cabeludo

 

Os cuidados com os cabelos e os cuidados da pele do couro cabeludo podem aparecer serem coisas distintas e separadas, mas, na verdade, estão entrelaçadas porque o cabelo cresce a partir de debaixo da pele.

 

As partes vivas de cabelo (folículo piloso, raiz do cabelo, bainha da raiz, e glândula sebácea) estão abaixo da pele, enquanto o eixo do cabelo real que surge (a cutícula que cobre o córtex e medula) não tem processos de vida. Danos ou alterações feitas ao eixo do cabelo visível não pode ser reparado por um processo biológico, embora muito possa ser feito para controlar o cabelo e garantir que a cutícula permaneça intacta.

 

A pele do couro cabeludo, assim como qualquer outra pele no corpo, deve ser mantida saudável para garantir um corpo saudável e produção de cabelo saudável. Se o couro cabeludo não é limpo regularmente, através da remoção de células mortas da pele, toxinas libertadas através da pele ou de perigos externos (tais como bactérias, vírus e produtos químicos) pode criar um campo fértil para a infecção.

 

No entanto, nem todas as doenças do couro cabeludo são o resultado de infecções bacterianas. Alguns surgem inexplicavelmente, e muitas vezes apenas os sintomas podem ser tratados para a gestão da condição (exemplo: caspa). Há também bactérias que podem afetar o próprio cabelo. Os piolhos são provavelmente a infecção no couro cabeludo mais comum e mundial adoecimento. Os piolhos podem ser removidos com grande atenção aos detalhes, e estudos mostram que não está necessariamente associado à falta de higiene. Estudos mais recentes revelam que os piolhos realmente prosperarem no cabelo limpo. Deste modo, a lavagem do cabelo como um termo de precaução pode ser um pouco enganadora.

Henrique Torres