Previna-se contra os problemas capilares


Cuidados básicos ajudam a manter a saúde e boa aparência dos fios

Cuidar da saúde e da boa aparência dos cabelos não é tarefa assim tão fácil. Com a chegada do inverno, os problemas capilares se tornam mais comuns devido aos  banhos quentes que pioram o estado seborreico do couro cabeludo e causam dermatites (como a caspa) e queda excessiva dos fios. Níveis elevados de estresse, má alimentação, cansaço, problemas hormonais e até o uso de certos medicamentos são fatores que influenciam no surgimento de problemas que afetam a saúde capilar.

Existe um ciclo natural de crescimento e queda dos cabelos e nem sempre existe um problema quando se nota uma queda de maior quantidade de fios por períodos relativamente curtos. A queda de cabelo pode estar associada a várias causas além das já citadas. Procedimentos químicos inadequados, aparelhos que aquecem e levam à quebra dos fios (como as chapinhas, quando usadas em excesso), alimentação deficiente em nutrientes e doenças como a anemia são responsáveis pelo enfraquecimento da raiz e a perda das mechas. Já a caspa é caracterizada pelo excesso de oleosidade ou seborreia no couro cabeludo, seguida de inflamação e descamação. Diagnósticos e tratamentos devem ser sempre feitos pelo dermatologista. Existem shampoos e loções anticaspa e em alguns casos é necessário o uso de medicamentos via oral.

São cuidados básicos que favorecem a saúde capilar: lavar o cabelo com água morna; utilizar shampoos sem sal para o tipo específico de cabelo; usar condicionador apenas nas pontas dos fios para não causar oleosidade na raiz; não dormir com cabelos molhados evitando assim a proliferação de bactérias e fungos; seguir uma dieta rica; tomar bastante água e não utilizar produtos químicos ou medicamentos sem orientação de especialistas.

Os médicos dermatologistas devem ser procurados ao perceber alguma alteração na saúde do cabelo. Em casos específicos, pode ser indicado consultar um tricologista – especialista em doenças do couro cabeludo – que realizará uma análise mais aprofundada.

Por: AgComunicado