Pressão Arterial Relacionada a Outras Doenças


Pesquisadores indicam que há outros fatores que levam a hipertensão arterial e as doenças cardiovasculares, como doenças inflamatórias tais como psoríase e doenças genéticas que não podem ser evitadas.

O Dia da Saúde Mundial deste ano teve como objetivo destacar a crise de saúde global e da pressão alta e como ela pode ser evitada, tratada e controlada. Problemas associados com a pressão arterial elevada causam mais de 9 milhões de mortes anualmente em todo o mundo e afetam mais de um em cada três adultos, de acordo com a Organização Mundial de Saúde OMS. A pressão arterial elevada também está ligada a vários fatores de risco comportamentais, incluindo: consumo excessivo de álcool, inatividade física e ingestão de sal.
 
 
Os investigadores indicam que há outros fatores que levam a hipertensão arterial e as doenças cardiovasculares, como doenças inflamatórias tais como psoríase e doenças genéticas que não podem ser evitadas. No entanto, na tentativa de minimizar estes casos, o tratamento pode diminuir as chances de complicações. Um estudo separado realizado no ano de 2009, feito pelo Brigham and Womens Hospital, da Harvard Medical School e da Harvard School of Public Health, em Boston, sugeriu que a psoríase está associada a um risco aumentado de diabetes e pressão alta em mulheres. Eles disseram que mais estudos devem ser realizados para determinar se o tratamento da psoríase pode também reduzir o risco de diabetes e hipertensão.
 
 
Em outra pesquisa divulgada no ano passado, pacientes com psoríase foram encorajados a estar cientes de sua condição e a sua ligação com outras doenças graves. Esses pacientes têm um risco aumentado de resistência à insulina, obesidade, doenças cardiovasculares e níveis anormais de colesterol. O medicamento Ablok é indicado para tratamento de hipertensão arterial. São betabloqueadores e diuréticos.
 
Henrique Torres