Posso fazer dieta e comer sobremesas?


A resposta é sim, porém o tipo de sobremesa precisa ser repensado.

 Seguir todos os dias os “mandamentos” de uma alimentação verdadeiramente light é uma tarefa difícil, ainda mais quando chega a hora da sobremesa. A vontade de comer doces pode até ser controlada, mas todos os dias? O fato é que uma pequena porção de doce caseiro com adoçante, uns 15 ou 20 g de chocolate amargo, ou ainda uma fruta assada servida com um pouquinho de mel podem entrar no cardápio, principalmente no de manutenção do peso. Também é  possível abrir uma exceção em um dia do final de semana sem ter o resultado da dieta prejudicado substancialmente. Mas ter bom senso é fundamental para não ficar se enganando.
 
Para manter a alimentação dentro dos limites saudáveis, é necessário dar atenção ao número de calorias totais ingeridas durante o dia. Alternativamente, prestar atenção no tamanho das porções. Verificar a qualidade nutricional, levar em conta que temperos têm calorias, e priorizar as formas light de cozimento também são atitudes que fazem diferença. Recorrer a substituições é importante. Com as sobremesas não é diferente: vale pensar em alternativas que agradem ao paladar e que não sejam ultra calóricos nem pouco nutritivos. 
 
Dentre as tentações doces, o chocolate é considerado o mais irresistível. Trocar as versões branco, ao leite ou meio amargo (que contém mais açúcar que massa de cacau na composição) pelas versões amargas (com mais de 70% de cacau, ricas em substâncias antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce e diminuem os riscos de doenças cardiovasculares) é interessante. Um pedacinho acompanha muito bem o cafezinho depois da refeição. 
 
Outra opção é trocar a calda de sorvete pronta industrializada por uma calda caseira de frutas. Além de não conter aditivos e conservantes, preparar a calda em casa, sem adição de açúcar, reduz os índices calóricos e mantém os nutrientes das frutas utilizadas. O morango é uma fruta bem indicada nas dietas de baixas calorias. Em sua composição está presente um alto teor das vitaminas C, A, B1, B2, B5, além de sódio, ferro e potássio.
 
Já a combinação clássica de morango com chantilly pode ser substituída por morango com iogurte natural light ou desnatado. A sobremesa perde em calorias e desempenha um papel importante para o trânsito intestinal.
 
Por: AgComunicado