Por que você precisa consumir salada?


Se não tem esse hábito alimentar, está na hora de mudar isso

Você tem o hábito de comer salada na dieta diária? Se sim, sua saúde agradece e se não, está na hora de conhecer os benefícios desse hábito alimentar.

A salada é um prato que pode compor a entrada, pode ser servida após o prato principal, assim como pode compor o prato principal na alimentação.

Vale combinar diferentes tipos de alimentos, assim como inovar no preparo de molhos deliciosos e saudáveis. 

A alface, por exemplo, que é a uma das hortaliças mais utilizadas no preparo de saladas, além de ser rica em importantes sais minerais, com destaque para o magnésio, é composta por 95% de água. 

Além de ser um prato refrescante e leve, uma salada bem combinada é sinônimo de riqueza em fibras, fundamentais para o perfeito funcionamento intestinal. Quanto mais colorido for o prato, mais antioxidantes ele tem, o que está relacionado com a prevenção dos radicais livres, prevenção de doenças e do envelhecimento precoce.

Para o tempero da salada, vale utilizar o azeite extravirgem, rico em ômega-3, assim como vale utilizar o limão, iogurte natural, vinagre balsâmico, entre outras opções mais saudáveis. 

O ideal seria não utilizar de forma alguma o sódio (sal), como alternativa o sal marinho pode ser explorado, assim como as ervas finas como: manjericão, tomilho, sálvia, orégano, entre outras.

Em casos de salada como prato principal na dieta, vale utilizar versões de proteínas mais saudáveis como: queijo branco, tofu, grão-de-bico, feijão branco, peito de frango grelhado, entre outras.

A riqueza em fibras em um prato de salada ajuda a produzir sensação de saciedade, o que consequentemente auxilia no emagrecimento efetivo.

Se você tem se alimentado mal, não costuma comer alimentos saudáveis no dia a dia e quer mudar isso, comece criando o hábito de consumir a salada todos os dias. 

 

Daiana Barasa