Por que se alimentar a cada três horas?


Saiba porque obedecer a essa regra

 

Pensar em alimentação e emagrecimento saudável remete a receitas light, com pouca gordura e açúcar, sucos desintoxicantes, grãos integrais, fibras, muita água, verduras, frutas e legumes em abundância. E ainda uma regra de ouro: a alimentação com intervalo a cada três horas. A norma é repetida por nutricionistas, editoriais de saúde e é bastante difundida entre os adeptos da alimentação saudável. Mas afinal, por que devemos nos alimentar a cada três horas? 
 
Ao fazer uma refeição, o corpo começa um processo imediato de quebra do alimento e absorção de nutrientes. É o que chamamos de digestão. Nas primeiras duas horas, ocorre um aumento do nível de glicose presente no sangue – a principal fonte de energia para o funcionamento do organismo. Após esse período, o índice de glicose começa a cair e se não nos alimentamos, o corpo manifesta alguns sinais de hipoglicemia (queda da concentração de glicose no sangue), como fraqueza, déficit de concentração, sonolência e até mesmo tremores. 
 
Portanto, além de ser importante para manter o nível de glicose equilibrado, a alimentação fracionada ajuda a evitar a fadiga e sonolência no decorrer do dia, além de facilitar a concentração para desenvolver as atividades.
 
Alimentar-se com intervalo de três horas também é uma forma de equilibrar as refeições e evitar os pratos exagerados, com uma quantidade de comida maior que o necessário para saciar a fome. A alimentação fracionada contribui para a perda e manutenção do peso corporal de uma forma saudável. Enquanto o jejum contribui para a perda de massa muscular e não de gordura. 
 
Ficar muitas horas sem se alimentar e logo em seguida consumir uma quantidade grande de alimentos faz com que o estômago produza níveis altos de ácido clorídrico – uma dos principais substâncias envolvidas no processo de digestão. O aumento rápido desse ácido pode atacar a mucosa do estômago, com sensação de azia e queimação. 
 
Para balancear a alimentação e manter o nível de glicose equilibrado, é recomendado fazer de cinco a seis refeições por dia. O café da manhã, o almoço e o jantar são as mais importantes. Vale lembrar que nos intervalos entre essas refeições maiores, devemos optar por lanches leves, como frutas frescas ou secas, sucos ou sanduíches naturais ou barras de cereais. 
 
Por: AgComunicado