Os Transtornos Mentais Mais Comuns


Conheça quais são os transtornos mentais que ocorrem com mais frequência.

Os transtornos mais comuns

 

Transtorno Unipolar, também conhecido como transtorno depressivo maior, é a terceira principal causa de incapacidade em todo o mundo, de qualquer condição mental ou física, representando 65,50 milhões anos perdidos. Esquizofrenia é considerada, em média, o transtorno mental individual mais incapacitante, mas é menos comum. Transtornos do uso de álcool também são altos na lista geral, responsável por 23,70 milhões globalmente, enquanto outros transtornos de uso de drogas representaram 8,40 milhões.

 

Esquizofrenia causa uma perda total de 16,80 milhões e transtorno bipolar 14,40 milhões. Transtorno do pânico leva para sete milhões de anos perdidos, transtorno obsessivo-compulsivo transtorno 5.1, insônia primária 3.6 e transtorno de estresse pós-traumático 3,50 milhões.

 

A primeira descrição sistemática de deficiência global decorrente na juventude, publicada em 2011, descobriu que, entre 10 a 24 anos de idade, quase metade de todas as incapacidades (atual e tão estimada para continuar) foi devido a condições mentais e neurológicas, incluindo o uso de substâncias, doenças e condições que envolvem automutilação. Segundo a isto foram lesões acidentais (principalmente colisões de tráfego), representando 12% de incapacidade, seguida das doenças transmissíveis em 10 por cento. Os distúrbios associados à deficiência na maioria em países de alta renda eram depressão unipolar (20%) e alcool (11%). Na região do Mediterrâneo Oriental a depressão unipolar (12%) e esquizofrenia (7%) e na África a depressão unipolar (7%) e transtorno bipolar (5%).

 

Suicídio, que é muitas vezes atribuído a algum distúrbio mental subjacente, é a principal causa de morte entre adolescentes e adultos com menos de 35 anos. Há uma estimativa de suicídios e tentativas não fatais de 10 a 20 milhões por ano em todo o mundo.

Henrique Torres