Os Substitutos para o Cigarro


Veja quais são os métodos que podem ser substitutos do cigarro.

  Substitutos para cigarros

 

Cigarro eletrônico feito em forma de um cigarro para emular a experiência tátil de fumar, contêm uma bateria recarregável e um elemento de aquecimento que vaporiza a nicotina líquida e outros aromas. Os defensores dos cigarros eletrônicos frequentemente costumam comercializa-los como um dispositivo para parar de fumar. Muitos afirmam que cigarros eletrônicos entregam a experiência de fumar sem os efeitos de saúde adversos geralmente associados ao fumo do tabaco, ou pelo menos reduzem esses riscos. No entanto, em setembro de 2008, a organização mundial de saúde emitiu um comunicado proclamando que não considera o cigarro eletrônico para ser um legítimo auxílio para parar de fumar, afirmando que "não existem estudos rigorosos revisados que foram realizados mostrando que o cigarro eletrônico é uma terapia de reposição de nicotina segura e eficaz."

 

O Instituto Nacional de Saúde recomenda mastigar Canela ao tentar parar com o uso do tabaco. Além de pedaços ainda brutos de canela, palitos com sabor de canela são usados para ajudar a frear o impulso para o tabaco.

 

Os estilos de orientação que tem sido eficazes em atividades de parar de fumar incluem desde entrevista motivacional a terapia cognitivo-comportamental. Vários formatos de intervenções psicossociais aumentam as taxas para parar de fumar, 10,8% para nenhuma intervenção, 15,1% para um formato, 18,5% para dois formatos e 23,2% para três ou quatro formatos.

 

Materiais de autoajuda podem produzir apenas um pequeno aumento nas taxas para parar de fumar. Em 2008 um estudo sobre o efeito de autoajuda foi fraco, e o número de tipos de autoajuda não produziram maiores taxas de abstinência.

 

A redução gradual envolve lentamente reduzir a ingestão diária de nicotina. Isso teoricamente pode ser feito através de repetidas mudanças de cigarros com baixos níveis de nicotina, reduzindo gradualmente o número de cigarros fumados por dia ou por fumar apenas uma fração de um cigarro em cada ocasião. Uma revisão sistemática de 2009 por pesquisadores da Universidade de Birmingham notou que a terapia de substituição gradual da nicotina poderia ser eficaz em parar de fumar.

Henrique Torres