Os sintomas da doença celíaca!


A doença celíaca é uma doença autoimune do intestino delgado que ocorre em pessoas de todas as idades a partir da infância que são geneticamente predispostas.

 
 
A doença celíaca é uma doença autoimune do intestino delgado que ocorre em pessoas de todas as idades a partir da infância que são geneticamente predispostas. Os sintomas incluem diarreia crônica, insuficiência de crescimento (em crianças) e fadiga, mas estes podem estar ausentes.
 
 
Os sintomas da doença celíaca podem afetar o sistema digestivo e outras partes do organismo, e estes sintomas não são sempre acompanhados pelo aparecimento de sintomas similares, ou seja, os problemas de saúde variam de pessoa para pessoa. Os mais comuns são: flatulência, colite, diarreia intermitente, flatulência, cólicas, vómitos, obstipação, fezes claras e com mau cheiro, emagrecimento, fraqueza e distúrbios de humor.
 
 
Em crianças, o que denota é a irritabilidade e o atraso de crescimento, enquanto os adolescentes podem ter um atraso na puberdade, perda de peso, depressão, fadiga, dor abdominal, inchaço e defeitos do esmalte dos dentes permanentes. Esta é definida como a doença celíaca típica.
 
 
Existem outros sintomas atípicos que são referidos como sendo da doença celíaca, a anemia pode ocorrer por causa da falta de minerais (ferro) e vitaminas (vitamina B12, ácido fólico), a má absorção de cálcio pode provocar a osteoporose precoce e deficiência de vitamina D, dermatite herpetiforme, ou seja, uma doença da pele caracterizada pela ocorrência de lesões vesiculares específicas que causam prurido grave, anorexia, prisão de ventre e alopecia. 
 
 
Em crianças, estes sintomas de má absorção podem levar ao raquitismo e puberdade retardada. Um terceiro caso de sintomas é chamado de doença celíaca silenciosa, e é quase totalmente assintomática por isso não há problemas particulares. Sintomas menos específicos incluem distúrbios estomacais genéricos, artrite, dormência e formigamento das mãos e pés, convulsões, ausência de menstruação, infertilidade ou abortos recorrentes, facilidade de fratura óssea, cãibras musculares e lesões na boca após o desmame ou após um evento traumático, a cirurgia, ou estresse emocional.
 
 
Pessoas com doença celíaca também podem não apresentar sintomas, mas ao longo do tempo podem desenvolver complicações. Os sintomas podem também variar dependendo da idade do paciente e a partir do que foi danificado no intestino delgado. Muitos adultos são afetados pela doença por uma década ou mais antes que a doença celíaca seja diagnosticada. Quanto mais tempo decorre antes de o diagnóstico e tratamento, melhor a possibilidade de que ocorram complicações no longo prazo.
 
Henrique Torres