Os Perigos da Diabulimia


Veja os riscos de não se tomar a insulina prescrita pelo seu médico!

Os Perigos da Diabulimia
 
 
O Dr. Bob Young é o primeiro clínico do serviço de informação de diabetes nacional do Serviço Nacional de Saúde dos Estados Unidos a estudar o fato. Ele diz: "Entre 1 de abril de 2010 e 31 de março de 2011, 8.472 pessoas incluídas no NDA (auditoria nacional de diabetes) foram admitidas no hospital do Reino Unido com cetoacidose diabética. O tratamento para diabetes pode ser feito com medicamentos como o Victoza.
 
 
"Os dados mostram que a diabulimia era mais comum com mulheres jovens em áreas desfavorecidas", diz ele. A cetoacidose diabética ocorre quando alguém não está tomando insulina suficiente. Tem efeitos colaterais graves como a perda da visão dos olhos e danos nos rins e se não tratada pode até mesmo matar. "O fato de que o mais comum era em pessoas jovens do sexo feminino suporta o fato de que elas querem perder peso", diz ele. A caridade, DWED (diabéticos com transtornos alimentares) tem feito campanha para que a omissão de insulina para emagrecer oficialmente seja reconhecida como uma doença mental.
 
 
Tayler Hacket, de 22 anos, de Liverpool, foi diagnosticada com o tipo 1 diabetes quando ela tinha 12 anos. Ela diz: "basicamente, embora eu soubesse que se eu não tomasse minha insulina eu poderia ter cegueira como um dos maiores riscos, eu não me importei porque eu queria ser magra." Por mais de oito anos, ela diz que ela foi transferida de hospital para hospital, antes de ser diagnosticada com seus problemas de saúde mental, em um estágio em que perdeu quase toda a visão em seu olho esquerdo. Agora ela está saudável por 18 meses e quer que a diabulimia seja reconhecida para que seus colegas sofredores possam ser ajudados.
 
Henrique Torres