Os malefícios do refrigerante


Ainda assim é uma das bebidas mais consumidas no mundo

Ainda assim é uma das bebidas mais consumidas no mundo

 
 
Não é novidade para ninguém que para uma vida mais saudável é fundamental realizar uma alimentação equilibrada junto à prática de exercícios. Muitos até mesmo já sabem quais os alimentos que prejudicam a saúde, mas mesmo assim insistem em ingeri-los frequentemente, entre os alimentos nocivos à saúde e mais consumidos, está o refrigerante.
 
Apenas um copo de refrigerante é responsável por oferecer ao organismo o equivalente a dez colheres de sopa de açúcar, lembrando que dificilmente alguém toma apenas um copo da bebida.
 
Um dos problemas mais graves de saúde mundial é a obesidade, resultado de uma vida desequilibrada principalmente no campo alimentar, o problema gera doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, entre tantos outros problemas. Por ser rico em açúcar o consumo do refrigerante pode acarretar em doenças como diabetes tipo 2, lembrando que o açúcar na corrente sanguínea se transforma em gorduras e por isso o risco do desenvolvimento de doenças cardíacas só aumenta.
 
De acordo com pesquisas realizadas na Universidade de Harvard, o consumo de refrigerantes possui ligação até mesmo com o surgimento do câncer.
 
O açúcar age na formação dos radicais livres, conhecidamente responsáveis pelo envelhecimento e morte celular, ocasionando doenças e até mesmo o envelhecimento da pele.
 
O consumo frequente é responsável também por prejudicar os ossos e desequilibrar o PH sanguíneo.
 
A ingestão exagerada de açúcar segundo estudo científicos pode até mesmo desencadear em ataques cardíacos.
 
A bebida prejudica a saúde bucal, graças ao teor elevado de açúcar e ácido, que faz com que o esmalte dos dentes seja danificado propiciando o surgimento de cáries.
 
Aqueles que já têm predisposição a problemas gastrintestinais também correm riscos com o abuso do refrigerante, o ácido que torna a bebida gaseificada, ataca as células gástricas, desencadeando em graves problemas como azia a gastrite.
 
Refrigerantes possuem teor de cafeína, desta forma, prejudicam a qualidade do sono, e podem ser responsáveis por problemas como a insônia.
 
O mais agravante é que dificilmente refrigerantes são ingeridos sem serem acompanhados por outros alimentos nocivos, é muito comum que a bebida acompanhe hambúrgueres, petiscos, batatas-fritas, alimentos ricos em conservantes, enfim, refrigerantes geralmente acompanham alimentos altamente calóricos, potencializando os riscos à saúde.
 
Para aqueles que querem alcançar efeitos estéticos, a junção de refrigerantes com alimentos altamente calóricos é um péssimo caminho, são responsáveis pelo acúmulo de gorduras, principalmente na região abdominal.
 
Refrigerantes são ricos em sódio, substâncias que aumentam a pressão arterial e geram desconforto proporcionando a sensação de inchaço que tantas pessoas reclamam devido a retenção de líquidos.
 
Apesar de gerar tremendo mal, ainda assim é uma das bebidas mais consumidas no mundo, o que confirma que a grande maioria das pessoas “prefere” esse mau hábito. Por que não tomar uma atitude agora e abandonar essa bebida prejudicial? Substitua os refrigerantes por sucos naturais, por maior ingestão de água e veja a diferença em termos de saúde.
 
Daiana Barasa