Os benefícios da dieta mediterrânea!


Esta dieta melhora a memória e a função cognitiva!

 
Pesquisadores da Universidade de Las Palmas de Gran Canaria e da Universidade de Navarra, na Espanha, publicaram na European Journal of Clinical Nutrition (em junho de 2012) que a dieta mediterrânea não é boa apenas para a saúde física, mas a saúde mental, também. Em fevereiro de 2012, os pesquisadores da Universidade de Miami Miller School of Medicine relataram na revista Archives of Neurology que uma dieta de estilo mediterrânico, pode ser mais saudável para o cérebro. Eles descobriram que uma dieta mediterrânea parece reduzir danos pequenos vasos sanguíneos do cérebro.
 
 
As dietas que são ricas em ácidos graxos ômega-3 estão ligadas a uma melhor memória e a função cognitiva em humanos. A dieta mediterrânea tem abundância de peixe, de frango e de salada - que são alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3 e ajudam a emagrecer! Os pesquisadores descobriram que, entre aqueles sem diabetes que seguiram a dieta mediterrânica mais de perto, o risco de desenvolver problemas de memória e habilidades de pensamento foi 19 por cento menor, em comparação com o resto da amostra populacional. A diferença de quedas entre caucasianos e Africano-americanos não foi estatisticamente significativa.
 
 
Infelizmente, a cognição e a memória entre as pessoas com diabetes que seguiram a dieta mediterrânea não foram alteradas. Nenhum benefício foi identificado. Mas entre aqueles participantes sem diabetes que seguiram a dieta mediterrânica mais de perto, o risco de desenvolver problemas de memória e habilidades de pensamento foi 19 por cento menor, em comparação com o resto da amostra populacional. A diferença de quedas entre caucasianos e Africano-americanos não foi estatisticamente significativa.
 
 
Georgios Tsivgoulis, um neurologista que trabalha tanto na Universidade do Alabama em Birmingham (UAB) e na Universidade de Atenas, disse: "A dieta é uma importante atividade modificável que pode ajudar na preservação do funcionamento cognitivo em idade avançada. No entanto, a dieta é apenas uma das várias atividades importantes do estilo de vida das pessoas que podem desempenhar um papel no funcionamento mental de fim de vida. Fazer exercício, evitar a obesidade, não fumar cigarros e tomar medicamentos para doenças como diabetes (como o medicamento Victoza) e hipertensão também são fatores importantes".
 
 
A dieta mediterrânea é boa para a mente e para emagrecer. Para potencializar este efeito e emagrecer com saúde e não acabar com os seus nutrientes, uma boa opção é a fruta Goji Berry. O Goji Berry (Lycium Barbarum L.), conhecido também como wolfberry vem sendo considerada uma "super-fruta" devido sua grande riqueza em nutrientes, proteínas e aminoácidos. Esta fruta ajuda muito a emagrecer!
 
 
Henrique Torres