Obesidade, Baixa Vitamina D e o Diabetes


A obesidade pode colocar o corpo de uma pessoa em um ciclo vicioso de baixa vitamina D e tipo diabetes II

Obesidade, Baixa Vitamina D e o Diabetes
 
 
Um estudo, conduzido por pesquisadores em colaboração da D-CarDia, mostrou que aparentemente a obesidade pode colocar o corpo de uma pessoa em um ciclo vicioso de baixa vitamina D e tipo diabetes II. O diabetes pode ser tratado por medicamentos como o Victoza
 
 
Os pesquisadores descobriram que quando alguém está obeso e tem baixos níveis de vitamina D, o seu risco de resistência à insulina é muito maior do que se eles tivessem qualquer fator sozinho. Em outras palavras, a deficiência de vitamina D além de obesidade, combinado, aumenta o risco de desenvolver resistência à insulina, muito mais do que a obesidade ou apenas baixa vitamina D.
 
 
Um estudo recente realizado por pesquisadores da Universidade de Copenhague descobriu que níveis baixos de vitamina D podem aumentar substancialmente os riscos de ataques cardíacos e morte prematura. 
 
 
O Dr. Shaum Kabadi, da Universidade de Dextrel, disse que "a obesidade e a insuficiência de vitamina D são fatores individuais de risco para resistência à insulina e diabetes. Nossos resultados sugerem que a combinação desses dois fatores aumenta as chances de resistência à insulina, a um grau ainda maior do que teria sido esperado com base na sua contribuição individual".
 
 
Kabadi e sua equipe descobriram que as pessoas com níveis saudáveis de vitamina D que estavam obesas eram quase 20 vezes mais propensas a sofrer de resistência à insulina, em comparação com o resto da população. No entanto, pessoas obesas com soro e baixa vitamina D foram 32 vezes mais propensas a ter resistência à insulina.
 
Henrique Torres