O uso de fitoterápicos na menopausa


O tratamento da menopausa através de fitoterápicos

A menopausa é uma fase da vida da mulher que tem início após a última menstruação. O maior problema para as mulheres na menopausa são os efeitos causados pela queda na produção de hormônios. Sintomas como depressão, irritabilidade, cansaço, ondas de calor e dores de cabeça e no corpo são os mais recorrentes. 
 
Os tratamentos para a menopausa são muitos, porém existem produtos naturais que podem auxiliar no alívio desses sintomas. Além de seguros, esses produtos são benéficos para a saúde da mulher. 
 
São muitos os remédios naturais para o tratamento da menopausa, encontrados geralmente na forma de ervas e são indicados para diminuir os sintomas da menopausa. Alguns produtos naturais são específicos para determinados sintomas, porém alguns medicamentos como o Tribulus Terrestris contribuem não só para a melhora dos sintomas da menopausa, mas também da massa óssea e do metabolismo. 
 
Entre os produtos naturais, o chá verde contém aminoácidos que ajudam a administrar o estresse e o desconforto durante essa fase. Já a Soja pode contribuir para reduzir os níveis de colesterol LDL, aumento da densidade óssea e pode ajudar na prevenção do câncer de mama e endométrio. 
 
Outros produtos muito utilizados são o gérmen de trigo e a Gingko Biloba, pois agem diretamente no sistema circulatório, no metabolismo, nos distúrbios menstruais que antecedem a menopausa, atuam como antioxidante e estimulam a cognição e memória. 
 
Vale lembrar que o Tribulus Terrestris também auxilia no aumento do desejo sexual e da libido. Muitas mulheres nesse período deixam de sentir prazer e ter relações sexuais devido à secura vaginal causada pela menopausa. 
 
Mesmo sabendo que os produtos fitoterápicos têm grande importância na saúde da mulher e melhora sua qualidade de vida, antes de iniciar um tratamento com esses produtos é importante que a mulher consulte o seu médico para se certificar que o uso inadequado não trará danos à sua saúde.