O que devo fazer antes de ver meu médico sobre o transtorno bipolar?


Anotar os seus sintomas, as alterações de humor, e levar uma pessoa próxima com você pode ser de grande ajuda!

 
Antes da reunião com o seu médico para esclarecer o diagnóstico, é útil anotar os sintomas que você observou e que podem refletir na depressão, na hipomania ou na mania. Particular atenção deve incidir não apenas sobre o seu humor, mas também nas alterações no sono, na energia, no pensamento, na linguagem e no comportamento. Também é útil obter uma história familiar em profundidade dos parentes próximos antes de encontrar com o seu médico. A história familiar pode ser muito útil no apoio a uma suspeita de diagnóstico e para prescrever tratamentos adequados.
 
 
Além disso, considere a possibilidade de o seu cônjuge (ou outro membro da família) ou um amigo próximo ir com você para a visita do médico. Muitas vezes um membro da família ou amigo pode ser mais consciente dos comportamentos incomuns de uma pessoa e ser capaz de descreve-los em pormenores ao médico. Antes de sua visita, pense e registrar o seguinte:
 
 
1. Suas preocupações com a saúde física e mental;
2. Os sintomas que você tenha notado;
3. Comportamentos incomuns que você teve;
4. Doenças passadas;
5. Sua história familiar de doença mental (transtorno bipolar, depressão, mania, transtorno afetivo sazonal, ou outros);
6. Medicamentos que está tomando agora e no passado;
7. Suplementos naturais dietéticos que esteja a tomar;
8. Seus hábitos de vida (dieta, exercício, tabagismo, consumo de álcool, uso de drogas);
9. Seus hábitos de sono;
10. Causas do estresse em sua vida (casamento, trabalho, relacionamentos);
11. Perguntas que você pode ter sobre o transtorno bipolar.
 
 
O medicamento Lamotrigina é usado para tratar os episódios de humor em adultos com transtorno bipolar.
 
Henrique Torres