O Diagnóstico da Sinusite


Entenda como é realizado o diagnóstico da sinusite.

Diagnóstico da sinusite Aguda

 

Sinusites agudas bacterianas e virais são difíceis de distinguir. No entanto, se os sintomas duram menos de 10 dias, é geralmente considerada sinusite viral. Quando os sintomas duram mais de 10 dias, é considerada sinusite bacteriana. 30% a 50% dos casos são geralmente bacteriana. Sinusite aguda pode ser confirmada através da realização de uma tomografia computadorizada dos seios da face.

 

Diagnóstico da sinusite Crônica

 

Para sinusite que dura mais de oito semanas, critérios diagnósticos estão faltando. A tomografia computadorizada é recomendada, mas isso por si só é insuficiente para confirmar o diagnóstico. Endoscopia nasal, tomografia computadorizada e os sintomas clínicos são usados para fazer um diagnóstico positivo. Uma amostra de tecido para culturas e histologia também pode ser recolhida e testada. Sinusite fúngica alérgica (AFS) é muitas vezes vista em pessoas com asma e pólipos nasais. Análise de várias amostras de biópsia pode ser útil para confirmar o diagnóstico. Endoscopia nasal envolve a inserção de um tubo flexível de fibra óptica com luz e câmera em sua ponta dentro do nariz para examinar as passagens nasais e seios. Este é geralmente um procedimento totalmente indolor (embora desconfortável) que demora entre cinco a dez minutos para concluir.

 

Sinusite pode causar problemas de ouvido interno devido ao congestionamento das passagens nasais. Isto pode ser demonstrado pela vertigem, "uma cabeça pressurizada ou pesada" ou sensações de vibração na cabeça. Estudos recentes sugerem que até 90% de "dores de cabeça de sinusite" são realmente enxaquecas. A confusão ocorre em parte porque enxaqueca envolve a ativação dos nervos trigêmeo, que inervam a região do seio e das meninges que envolvem o cérebro. Como resultado, é difícil determinar com precisão o local do qual se origina a dor. Além disso, a congestão nasal pode ser um resultado comum de enxaqueca, devido à estimulação de nervos autonômicos que pode também causa lacrimejamento (lacrimejamento) e nariz escorrendo (rinorréia). Um estudo descobriu que pacientes com "dores de cabeça de sinusite" responderam a triptan medicamentos para enxaqueca, mas ouve insatisfação declarada com seu tratamento quando eles são tratados com descongestionantes ou antibióticos. Pessoas com enxaquecas não têm tipicamente a descarga nasal grossa que é um sintoma comum de uma infecção sinusal.

 

Vale lembrar que a sinusite pode ser tratada através do medicamento Amoxicilina.

Henrique Torres