O consumo de carnes vermelhas e os riscos de doenças cardiovasculares


Estudo descobre substância presente nas carnes vermelhas, responsável por aumentar os riscos de aterosclerose.

 
Uma pesquisa realizada na Universidade de Cleveland Clinic, nos Estados Unidos descobriu a relação entre a digestão do nutriente L-carnitina, presente nas carnes e as doenças cardiovasculares. De acordo com os pesquisadores, ao consumir esse nutriente, facilitamos a produção de uma substância que aumenta os riscos de entupimento dos vasos sanguíneos. 
 
Além da gordura e do colesterol, presentes em altas porções nas carnes, cientistas descobriram mais um argumento, pelo qual o consumo de carnes vermelhas aumentam os riscos de doenças cardiovasculares. Ao digerir a substância L-carnitina, as bactérias do aparelho digestivo, produzem outra substância que resulta no acúmulo de gordura na parede das artérias, ocasionando as reações inflamatórias, conhecidas como aterosclerose (entupimento das artérias, causadas pelas altas taxas de colesterol que também pode ser tratado com o medicamento Sinvastatina). 
 
É claro que não podemos excluir totalmente as carnes das refeições, a questão é saber consumir moderadamente, pois a ingestão excessiva da substância L-Carnitina, pode ser prejudicial à saúde. Isso não se deve somente ao fato, da L-Carnitina, mas da substância produzida por meio dela, chamada de TMAO (N-óxido de trimetilamina), responsável pela obstrução dos vasos sanguíneos. 
 
Os pesquisadores chegaram a essa substância, realizando análises em camundongos e seres humanos, incluindo comparações entre veganos e vegetarianos. O levantamento final do estudo, indicou profundamente a relação entre os altos níveis de TMAO no organismo e o maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares. 
 
Os resultados também comprovaram que a substância TMAO altera a forma como o colesterol é metabolizado, inibindo o transporte reverso do colesterol (responsável por retirar o LDL do fluxo sanguíneo) e resultando no acúmulo de gordura na parede das artérias. 
 
Especialistas recomendam que, é necessário ter cuidado com os exageros e consumir carnes grelhadas, já que assim elas possuem menos gordura. Riscar as carnes vermelhas do cardápio não é o mais recomendado, até porque o coração e o organismo, necessitam de nutrientes presentes nas carnes.