Medicamento é usado recreativamente na Rússia


Médicos fazem alerta

O medicamento russo phenazepam, indicado para combater epilepsia, insônia e síndrome de abstinência alcoólica, está sendo mais e mais usado como droga recreativa na Grã-Bretanha, de acordo com especialistas.

A droga é legal nos Estados Unidos e na União Europeia, e pode ser comprada com receita médica na Rússia e outros países da antiga União Soviética.

Desde o início do ano, cientistas da Universidade de Dundee, na Escócia, afirmam ter registrado nove casos de morte de pessoas com exames de sangue positivos para a presença do medicamento. Apesar da detecção da droga, eles não sabem se o uso recreativo em si foi a causa mortis. Todas as pessoas tinham histórico de uso de drogas.

O phenazepam é uma substância calmante, da classe dos benzodiazepínicos, como o diazepam. Os especialistas afirmam é provável que essa droga seja usada por indivíduos com histórico de abuso de drogas pesadas, como heroína, metadona e opiáceos. Há indícios de que o phenazepam também esteja sendo utilizado irregularmente em países como a Finlândia, Estados Unidos e Suécia.

Entre as drogas consideradas em geral como de uso recreativo, estão as bebidas alcoólicas e o tabaco. Até a cafeína pode ser considerada como tal. Segundo psicofarmacólogos, existe um  instinto humano que procura substâncias psicoativas. Infelizmente nem sempre esse uso se restringe à recreação, não raro tornando-se um vício com sérios prejuízos familiares, emocionais e sociais. Para prevenir esse problema junto aos adolescentes, deve-se atentar às substâncias que estão ao alcance dentro de casa, como as drogas legais: bebida, medicamento e cigarro. Por serem legais, há uma falsa ideia de que os riscos são menores e isso abre espaço para seu uso precoce. Felizmente, a  incidência da experimentação vem diminuindo graças ao aumento da informação pela população e maior envolvimento das escolas na prevenção do problema.

Por: AgComunicado