Mais atenção à postura!


Atitudes simples ajudam a evitar dores nas costas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% das pessoas sentem dores agudas na parte baixa da coluna em algum momento da vida. Para evitar esse transtorno, devemos prestar atenção à boa postura ao desempenharmos as atividades diárias. A forma como nos levantamos da cama, como nos abaixamos para pegar objetos e como nos sentamos para utilizar o computador, por exemplo, tem efeito sobre a coluna. A falta de atenção à postura pode acarretar dores nas costas. Nem sempre esse é o motivo principal da lombalgia, e por ser algo tão comum, especialmente nos casos menos intensos as pessoas acabam por não procurar ajuda médica. Porém, é importante consultar o ortopedista, tanto nos casos em que a dor é uma constante como em episódios isolados de dor aguda.
 
Nas ruas, é comum nos depararmos com pessoas com ombros rígidos e projetados para a frente, ou fazendo caminhadas em passos largos carregando peso excessivo... Esses maus hábitos geram sobrecarga na região lombar. A genética também deve ser levada em conta. Está comprovado que o histórico familiar pode ser determinante para problemas de coluna. Hiperlordose, escoliose, hérnia de disco e  artrose são alguns dos diagnósticos frequentes nos consultórios médicos.
 
O estilo de vida das pessoas também é um fator que favorece a má postura. Praticar atividades esportivas de maneira errada, sem instrução profissional, pode acarretar ou agravar dores nas costas.
 
A reeducação postural global (RPG) ajuda no correto alinhamento da coluna. A prática de Pilates ajuda a manter a musculatura tonificada, sem agressões. Medicamentos antiinflamatórios podem ser prescritos para aliviar a dor. 
 
Por: AgComunicado