Campanha pela liberação da venda da adrenalina nas farmácias brasileiras


Compreenda como começou essa manifestação em outubro deste ano

Antes de compreender sobre este movimento em prol da liberação da adrenalina nas farmácias no Brasil, é importante compreender sobre a anafilaxia.

A anafilaxia é uma reação alérgica rápida e grave. Ocorre em consequência da exposição a um alérgeno (alimento, medicamento, veneno contra insetos etc.), quando o indivíduo entra em contato com alguns desses agentes pode ocorrer a anafilaxia que pode desencadear na diminuição da pressão arterial, em taquicardia, em alterações no trato respiratório que podem acompanhar edema da glote e urticária.

Mas a questão em torno na anafilaxia aqui no Brasil é que a adrenalina autoinjetável não é permitida nas farmácias e drogarias e muitos brasileiros recorrem à importação do medicamento que na maioria dos casos só é fornecido em pronto-atendimentos de hospitais em casos de graves crises.

Mas a questão é que se a pessoa estiver enfrentando uma crise anafilática e não conseguir ter acesso ao medicamento pode vir a óbito. E por isso surgiu a luta para que a Anvisa – Agência Nacional de Saúde Suplementar autorize a comercialização do medicamento.

O estágio mais grave da anafilaxia é o choque anafilático em que ocorre a falência da circulação sanguínea e assim o sangue não chega aos órgãos periféricos, o que leva à queda da pressão arterial e pode resultar em óbito.

Em casos de edema da glote em que o inchaço na garganta impede a passagem do ar para os pulmões, é necessário que um procedimento cirúrgico conhecido como cricotireodostomia seja realizado: um pequeno corte é feito na garganta a fim de facilitar a respiração e impedir complicações mais graves.

O acesso restrito à medicação é motivo para que muitas pessoas que tenham o problema se sintam inseguras e essa é uma situação que afeta a qualidade de vida da pessoa.

A Campanha Adrenalina Brasil foi promovida pela ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia) e conta com um abaixo-assinado com mais de 8 mil adesões.

É importante que este assunto seja propagado e as redes sociais podem ajudar nesse compartilhamento de informação.

Muitas vezes as pessoas apenas se mobilizam por causas que lhe dizem respeito, mas uma prova de humanidade é quando há a disposição para todas as causas. Muitas pessoas sofrem com alergia que pode resultar em reação anafilática, por isso, vale a mobilização para que essa necessidade chegue ao presidente da Anvisa e ao Ministério da Saúde.

Abaixo-assinado:  https://www.change.org/p/diretor-presidente-da-anvisa-sr-dirceu-br%C3%A1s-aparecido-barbano-ministro-da-sa%C3%BAde-sr-marcelo-castro-precisamos-de-adrenalina-autoinjet%C3%A1vel-no-brasil?recruiter=415734110&utm_source=share_petition&utm_medium=copylink

Daiana Barasa