Você já pensou se se tornar vegetariano?


Conheça algumas curiosidades sobre este estilo de vida

Uma pesquisa recente realizada pela Universidade Adventista de Loma Linda, localizada nos Estados Unidos, comprovou que um estilo de vida vegetariano pode aumentar a expectativa de vida em 5 até 10 anos de vida. Esse estudo foi realizada com 75 mil pessoas em cinco anos. 


Já uma pesquisa britânica realizada pela Universidade de Oxford, comprovou que a dieta vegetariana pode reduzir os ricos de doenças do coração em até 32%, essa pesquisa foi realizada com aproximadamente 45 mil pessoas.


E claro, sem contar nos benefícios estéticos, porque é um tipo de alimentação que previne o sobrepeso.


A carne vermelha mesmo representando um importante alimento do grupo de proteínas  gera controvérsias no que se refere à saúde.
Estudos já revelaram quais os principais malefícios que o consumo da carne vermelha podem trazer à saúde, dentre eles, se destacam: 


Acredita-se que a flora bacteriana se altera com o consumo frequente de proteína animal e assim, não consegue conter as toxinas alimentares para posterior eliminação por meio do intestino grosso, assim, essas toxinas iriam para a corrente sanguínea, o que poderia desencadear até mesmo em alterações no sistema nervoso central.


Outra afirmação é que as toxinas animais teriam o poder de desregular o metabolismo dos carboidratos e consequentemente poderia desencadear o surgimento da diabetes.


Além da proteína, não há mais o que se aproveitar da carne vermelha, o que restam são toxinas, que segundo pesquisas científicas poderiam causar doenças cancerígenas.


Outras situações também são consideradas como o sofrimento dos animais antes do abatedouro. A vaca, por exemplo, tem o poder de “sentir” quando será abatida e isso gera medo no animal. Como é possível desfrutar do consumo da carne vermelha considerando as circunstância em torno da morte de um ser vivo?


Pitágoras acreditava que os homens que matavam animais eram mais propensos a matarem seus semelhantes humanos do que aqueles que se alimentavam de vegetais.


É possível conferir ao organismo proteína por meio de alimentos de origem vegetal como tofu, sementes oleaginosas, soja, entre outros.


Você mudaria seu estilo de vida ou pelo menos repensaria após estas considerações?

 

Daiana Barasa