Gestação: confira as alterações que ocorrem na mulher neste período


Mudanças físicas e psíquicas acompanham as adaptações necessárias no estilo de vida

A gravidez é um período especial para a maioria das mulheres. Junto com ela ocorre uma verdadeira revolução no corpo feminino. Cada alteração que ocorre no corpo da grávida tem sua razão de ser: em geral, é levar o feto a se desenvolver da melhor forma possível. Nem todas as mudanças que costumam acontecer nessa fase  surgem em todas as mulheres.

Cabelos – Ficam mais brilhantes, cheios e bonitos.

Pelos – Surgem em locais onde não apareciam antes.

Pele – A acne aparece com mais frequência no início das gravidez. A gestante precisa usar muito filtro solar, pois podem surgir manchas (cloasmas).

Seios – Aumentam bastante e ficam sensíveis. A auréola fica mais escura e maior. Após o 5o mês pode sair colostro.

Articulações – Ficam mais inchadas e os ligamentos ficam mais frouxos. Há de se ter cuidado com torções. Exercícios podem ser feitos porém é importante ter o aval do médico. Nem todos os exercícios podem ser feitos por grávidas. Hidroginástica e natação são esportes ideias.

Ossos da bacia – Afastam-se um pouco para facilitar o parto.

Genitais – Ficam mais pigmentados e inchados. Maior tendência a adquirir infecções vaginais.

Circulação – Aumento significativo no volume sanguíneo. Podem surgir varizes e hemorroidas. O controle do peso é fundamental.

Não dá mais para deitar de bruços – No último trimestre da gestação, recomenda-se que a mulher também evite se deitar de costas. Deve se deitar de lado, preferencialmente virada para o lado esquerdo.

Respiração – É comum sentir falta de ar pois a progesterona altera o ritmo respiratório e o diafragma se eleva.

Digestão – Torna-se bastante lenta, para suprir o feto de nutrientes. A grávida precisa fracionar sua alimentação. Com o avanço da gravidez, não dá mais para comer muito de uma vez.  Pode surgir azia no final da gravidez.

Bexiga – Fica cada vez mais comprimida, e há a sensação de bexiga cheia. Pode haver perda urinária ao tossir, por exemplo. Importante fazer exercícios que fortaleçam o assoalho pélvico.

Sistema imunológico – Fica mais vulnerável. A grávida deve evitar contato com pessoas doentes, se alimentar bem. Dieta, nem pensar. A alimentação deve ser balanceada.

Importante lembar que os exames pré-natais são essenciais para uma gravidez tranquila.

Por: AgComunicado