Saiba quais são os fatores que podem interferir na fertilidade


Poluição, má alimentação, sedentarismo e alguns costumes modernos são apontados entre as principais causas

Ao tratar da fertilidade não podemos descartar a presença dos diversos fatores que podem ser prejudiciais, como o tabagismo, a obesidade, sedentarismo e agentes poluentes. Especialistas ressaltam de que faz parte da infertilidade qualquer alteração responsável por interferir na produção hormonal do casal.

A poluição e hábitos de vida são cruciais quando tratamos de reprodução. O estresse e a má qualidade do ar proporcionam transtornos reprodutivos que podem acarretar na saúde hormonal. Moradores das grandes cidades são ainda mais prejudicados devido o contato com a poluição ser praticamente inevitável. Leia algumas dicas para a saúde dos hormônios e fertilidade.

A interferência da poluição

Estudos apontam que quando a mulher está em constante contato com a poluição sonora ou visual, pode interferir nas funções do organismo e principalmente dos hormônios que irão esforçar-se para adaptação. A pesquisa ressalta os problemas de infertilidade serem maiores principalmente nas grandes metrópoles.

Investir no consumo de alimentos antioxidantes para limpeza do organismo e saúde dos hormônios é uma alternativa para moradores das grandes cidades. Folhas verdes escuras são aliadas número um da desintoxicação.

A ansiedade é prejudicial

Principalmente entre o público que aguarda a primeira gestação é comum a ansiedade, mas pode atrapalhar. A ansiedade ao se deparar com os ciclos menstruais e em todo o processo de tentativas pode causar estresse e frustração. Opte por realizar tarefas que possam  relaxar e desapegar  um pouco desse desejo.

Controlar o peso é essencial para quem deseja engravidar

O famoso efeito sanfona, ou mesmo a obesidade são questões altamente prejudiciais para produção dos óvulos e podem causar dificuldades de ovulação. A obesidade é um fator implicante para quem deseja engravidar, pois pode acometer doenças como a diabetes, colesterol alto e o sedentarismo.

Invista numa alimentação saudável

Consumir nutrientes saudáveis para a fertilidade e saúde dos hormônios é uma dica para quem deseja engravidar. Insira na alimentação legumes, folhas verde escuras, frutas e principalmente vitaminas como o magnésio e o cálcio, importantes para a saúde dos hormônios.

Jamais tome medicamentos sem a indicação médica

Algumas dosagens presentes em antidepressivos, antibióticos e quimioterápicos interferem diretamente na saúde dos óvulos, podendo acometer até mesmo a infertilidade. Para ingestão de qualquer medicamento consulte antes o médico para não existir nenhuma interferência no seu propósito de engravidar de modo saudável. 

Juliana Rodrigues