Exercício e Depressão


Muitos estudos mostram que as pessoas que se exercitam regularmente se beneficiam com um impulso positivo no humor e menores taxas de depressão.

 
 
O exercício, além de ajudar aqueles que querem emagrecer, também ajuda em vários outros fatores, como a depressão. Quer saber mais sobre o exercício e a depressão? Muitos estudos mostram que as pessoas que se exercitam regularmente se beneficiam com um impulso positivo no humor e menores taxas de depressão. Quais são os benefícios psicológicos do exercício sobre  a depressão?
 
 
O exercício melhora a autoestima e é um benefício psicológico chave da atividade física regular. Quando você se exercita seu corpo libera substâncias químicas chamadas endorfinas. Essas endorfinas interagem com os receptores no cérebro que reduzem a sua percepção de dor.
 
 
As endorfinas também provocam uma sensação positiva no corpo, semelhante à sensação causada pela morfina. Por exemplo, a sensação que se segue depois de uma corrida ou treino é frequentemente descrita como "eufórica". Essa sensação, conhecida como a "alta do corredor", pode ser acompanhada por uma perspectiva positiva e energizante sobre a vida.
 
 
As endorfinas agem como analgésicos, o que significa que elas diminuem a percepção da dor. Elas também atuam como sedativos. Elas são fabricadas em seu cérebro, na sua medula espinhal, e em muitas outras partes do seu corpo e são liberadas em resposta a substâncias químicas do cérebro chamadas neurotransmissores. 
 
 
Os receptores de endorfinas do neurônio são os mesmos que se ligam a alguns medicamentos para a dor. No entanto, ao contrário de morfina, a ativação desses receptores de endorfina do corpo não leva ao vício ou a dependência. As endorfinas provocam uma sensação positiva no corpo de forma saudável. A pesquisa mostrou que o exercício é um tratamento eficaz, mas muitas vezes subutilizado para depressão leve a moderada.
 
 
O exercício físico regular tem sido comprovado para: reduzir o estresse, afastar a ansiedade e os sentimentos de depressão, aumentar a autoestima e melhorar o sono. O exercício também tem estes benefícios de saúde agregado: ele fortalece seu coração, isso aumenta os níveis de energia. Ele reduz a pressão arterial. Ele melhora o tônus muscular e força. Ela fortalece os ossos. Ele ajuda a reduzir a gordura corporal. 
 
 
Se você é incapaz de participar regularmente de atividades ou atletismo, você também pode tentar outras ferramentas para ajudar a impulsionar o seu humor. Estudos sobre a meditação e massagem terapêutica demonstraram que estas técnicas podem estimular a secreção de endorfina, podem aumentar o relaxamento e ajudar a impulsionar o humor.
 
Henrique Torres