Exagerou na bebida no final de semana?


Confira algumas dicas para combater a ressaca no dia seguinte

Boa parte das pessoas que consome bebidas alcoólicas já sofreu com a ressaca após exagerar na dose.  Assim como qualquer outra bebida ou alimento, o álcool é metabolizado pela organismo e distribuído pela corrente sanguínea para todas as células do corpo -  é o chamado momento da intoxicação, no qual o corpo demanda um grande esforço para aguentar as doses excessivas de álcool.

 
Em todo esse processo, quem mais trabalha é o fígado, que precisa produzir enzimas para absorver a substância, transformá-la em gordura e depois secretar pela bile. No final do trabalho, o fígado entra  em um desiquilíbrio e desorganiza todo o metabolismo. O sistema nervoso, que também é afetado e acelerado, apresenta uma reação parecida. Com suas funções fora de ordem, ele provoca uma queda na força muscular, dores de cabeça, enjoo, fadiga, sensibilidade à luz e, em alguns casos, diarreia. 
 
Para curar a ressaca, a alimentação é uma das maiores aliadas. Segundo um estudo norte-americano, o missoshiro (sopa japonesa, que leva soja fermentada, legumes e caldo) ajuda o fígado a processar o álcool e também ajuda a repor os nutrientes perdidos na bebedeira. A receita contém vitaminas do complexo B e E, e enzimas com efeito calmante sob o estômago. 
 
Além do missoshiro, pesquisas já revelaram que o gengibre e a banana são fortes aliados contra a ressaca. O gengibre, quando batido com suco ou em sua forma de chá, evita náuseas e vômitos e combate o mal estar . A banana, por ser rica em vitaminas do complexo B e potássio, também pode reduzir esses sintomas e dar mais energia.
 
Nesses casos, é bom evitar consumir carne vermelha, molhos, queijos e frituras, pois todos sobrecarregam o fígado. Beber bastante água também é importante para repor os líquidos perdidos e remover as toxinas acumuladas. 
 
Por: AgComunicado