Estudo mostra que tamanho do bebê influencia para o desenvolvimento de autismo


Os bebês maiores, ou seja, aqueles que nasceram pesando mais de 4,5 kg e os que nasceram com peso inferior a 2,5 kg correm maior risco!

 
“Para o nosso conhecimento, este é o primeiro grande estudo prospectivo de base populacional para descrever a associação entre o grau de desvio do crescimento fetal a partir da média normal em uma população de crianças e risco de autismo com e sem deficiência intelectual. Nós mostramos pela primeira vez categoricamente que o crescimento fetal anormal em ambos os sentidos aumenta o risco de desordem do espectro autista", disse o Professor Kathryn Abel, do Centro da Universidade de Saúde da Mulher Mental e do Instituto de Cérebro, Comportamento e Saúde Mental, e principal pesquisador do estudo.
 
 
Os investigadores examinaram os dados de jovens de Estocolmo, na Suécia, onde os dados de ultrassonografia precoce forneciam os pesos detalhados de desenvolvimento dos bebês durante a gravidez. Crianças e bebês também participam de análises clínicas de seu motor, linguagem, social e habilidades cognitivas. O estudo incluiu registros de 589.114 crianças com idade entre 0 a 17 anos na Suécia entre 2001 e 2007. Os pesquisadores eliminaram dados que consistiam em crianças muito jovens para ter autismo, crianças adotadas, não suecas ou residentes do Condado de Estocolmo, as crianças não nascidas na Suécia, bem como gêmeos.
 
 
Com os dados disponíveis os pesquisadores descobriram 4.283 jovens com autismo e 36.588 sem autismo que atuaram como controles. Os resultados do estudo mostraram que, entre os bebês maiores, ou seja, aqueles que nasceram pesando mais de 4,5 kg (. 9 £ 14 oz), a prevalência de autismo foi maior - o mesmo padrão foi observado em crianças menores que nasceram com peso inferior a 2,5 kg (5,5 lbs.). O medicamento Neuleptil é indicado para tratamento de distúrbios do caráter e do comportamento, revelando-se particularmente eficaz no tratamento dos distúrbios caracterizados por autismo.
 
Henrique Torres