Estudo mostra o mal causado pelo fumo passivo!


Fumo passivo em meninas aumenta chance de doença cardiovascular!

 
 
Os pesquisadores analisaram um total de 1.057 adolescentes australianas nascidas entre 1989 e 1992. Eles identificaram se as adolescentes foram expostas ao fumo passivo de sua 18 ª semana de gestação até a idade de 17 anos. Quase metade (48 por cento) das adolescentes tinha sido exposta ao fumo passivo em casa. Os pesquisadores então testaram os seus níveis de colesterol.
 
 
De acordo com Chi Le-Ha, médica da Universidade da Austrália Ocidental e líder do estudo: "Os resultados indicam que a exposição na infância ao fumo passivo pode ser um fator de risco cardiovascular mais importante para as mulheres do que os homens. Precisamos redobrar os esforços de saúde pública para reduzir a exposição de crianças pequenas ao fumo passivo em casa, particularmente a exposição das meninas".
 
 
O fumo passivo pode causar uma série de doenças. Os efeitos sobre a saúde do tabagismo passivo são bem estabelecidos e a comunidade médica está ciente dos resultados negativos associados. Na verdade, os EUA Surgeon General, Richard Carmona, emitiu uma forte condenação ao fumo passivo, dizendo que ele não é apenas um incômodo, mas que a ciência demonstrou claramente que é um sério risco à saúde. Ele é conhecido por ser uma causa de câncer de pulmão, doenças cardiovasculares e uma série de outras doenças. Pesquisadores britânicos mostraram uma associação entre o fumo passivo e aflição psicológica entre crianças na revista Arquivos de Medicina Pediátrica e Adolescente.
 
 
O medicamento Champix é isento de nicotina e contém o Tartarato de Vareniclina, uma substância que pode ajudar pessoa a sentir menos desejo de fumar e que pode ajudar a reduzir os sintomas da abstinência a nicotina. Parar de fumar, como mostra o estudo, beneficia tanto o fumante como sua família e as pessoas a sua volta.
 
Henrique Torres