Estudo diz que refrigerantes açucarados estão ligados a maiores incidências de gota


O hábito de tomar mais de três copos de refrigerante ao dia, aumenta o risco de gota, uma doença caracterizada por fortes dores nas articulações.

O consumo de refrigerantes pode estar associado com maiores incidências de doenças nas articulações, como gota. Uma pesquisa publicada na revista “British Medical Journal” sugere que as chances de desenvolvimento da doença, é cerca de, 85% maior em homens que tem o hábito de tomar dois ou mais copos de refrigerantes por dia.
 
Esta relação entre o aumento de risco de desenvolvimento de gota, por conta do alto consumo de refrigerantes, faz todo sentido. Já que a fonte de doçura de bebidas açucaradas, vem da frutose, que por sua vez, é responsável por elevar os níveis de ácido úrico no sangue, levando a um depósito de cristais de sódio nas articulações e resultando na gota. 
 
Outras bebidas, como suco de frutas açucarado, também aumentam o risco de desenvolvimento de gota. Esse alto consumo de frutose, aumenta esse risco, porque os níveis iguais ou maiores que 6,8 mg por decilitro de ácido úrico, geram uma dificuldade do rim de excretar urato, essa condição conhecida como hiperuricemia, resulta na instalação da gota. 
 
A gota é caracterizada por duas fases, na primeira, as crises podem durar de 7 a 10 dias e não apresentam sintomas. O primeiro ataque, geralmente costuma ser de madrugada, com uma dor aguda no dedão do pé, parecida com uma picada de algum animal. A partir disso, o simples contato com o lençol, resulta em fortes dores. 
 
A segunda fase surge pelo tratamento inadequado da hiperuricemia. Com inchaços crônicos que deformam as articulações e com sintomas que persistem nas crises.
 
Os principais fatores que aumentam o risco de hiperuricemia e gota são: hipertensão arterial, insuficiência renal e cardíaca e síndrome metabólica. Pessoas que consomem dietas ricas em purinas (carnes vermelhas e frutos do mar), bebidas alcoólicas (cervejas e destilados), refrigerantes e frutose. 
 
Este estudo reforça ainda mais a ideia de que a redução no consumo de refrigerantes pode ser tão importante na perda de peso, quanto na prevenção de doenças nas articulações, como gota. Vale ressaltar, que o medicamento Dexametasona, é muito recomendado em casos, na qual as inflamações nas articulações são persistentes. Dexametasona atua como um anti-inflamatório eficaz nas crises de inflamações.