Elimine a oleosidade dos fios com a argila


Tratamento caseiro com a argila verde alivia coceiras e a oleosidade no couro cabeludo

Tratamento caseiro com a argila verde alivia coceiras e a oleosidade no couro cabeludo

Coceiras constantes no couro cabeludo parece sinal de piolho, mas nem sempre é esse o problema. Principalmente quem tem o cabelo oleoso tende a possuir o sintoma da coceira decorrente ao excesso de sebo na raiz e que mais tarde pode acometer a dermatite seborreica.

Quando coçamos a cabeça as unhas podem agredir a pele e formar uma espécie de “entrada” para fungos e bactérias. Vale lembrar de que a foliculite é bastante confundida com espinhas na cabeça, o que não é comum e exige acompanhamento do médico especialista.

A terapeuta capilar Consuelo Simão indica o tratamento com a argila verde para combater a oleosidade do couro cabeludo e aliviar as dermatites. A argila possui compostos que irão agir na desintoxicação capilar, oxigenação do bulbo e fortalecer a raiz para o crescimento saudável.

Como preparar a argila?

Se possui o cabelo oleoso, fraco e com queda misture quatro colheres de argila verde com água filtrada até formar uma massa homogênea, não tão grossa para facilitar o enxágue e a remoção. Aplique na raiz com os cabelos secos ou úmidos e utilize um pincel para espalhar melhor. Massageie o couro cabeludo e deixe o produto agir de 15 a 20 minutos.

Para enxaguar a argila a terapeuta indica o uso de xampus com propriedade antifúngica ideal para tratar dermatites e finalizar o tratamento. Esse tipo de produto é encomendado em farmácias de manipulação.

“O xampu é indicado para o uso em casa em dias alternados. À medida que ele é aplicado, atua no controle da oleosidade”, esclarece.

Consuelo explica que a dermatite não tem cura e a única forma que combater a implicação é por meio do tratamento e uso dos cosméticos adequados para aliviar os sintomas. Após realizar a massagem com a argila a especialista recomenda observar o couro cabeludo.

“Dependendo das condições da dermatite a pele pode apresentar vermelhidão. Nesse caso recomenda-se aplicar uma loção tônica calmante à base de camomila, própolis e agentes com ação descongestionante, calmante e que possam hidratar e normalizar o pH do couro cabeludo”, orienta.

Para finalizar indica o uso do creme leave-in apenas nas pontas e com consistência leve. “Quem possui dermatite capilar deve usar produtos livre de gorduras para não prejudicar o tratamento e agravar o problema”, adverte. O procedimento pode ser feito a cada 15 dias ou uma vez ao mês dependendo da necessidade capilar da paciente com dermatite e oleosidade excessiva.

Sintomas da dermatite Seborreica apontados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD):

Oleosidade excessiva na pele e couro cabeludo;

Produção de escamas (caspas) amarelas e brancas que costumam arder;

Possível queda de cabelo;

Vermelhidão e coceira provocada pelo ato de cutucar: a dermatite costuma aparecer em locais que há a produção do sebo, como o couro cabeludo, sobrancelhas, atrás das orelhas, tórax e pálpebras.

Como amenizar os sintomas da dermatite seborreica:

-Evite banhos quentes;

-Não abuse do consumo de frituras e alimentos gordurosos;

-Não amarre os cabelos molhados e seque-os bem se lavar a noite;

-Controle o estresse físico e emocional, como a ansiedade;

-Remova completamente o xampu e o condicionador ao lavar os cabelos;

Quem possui o cabelo oleoso na raiz e dermatite deve manter o couro cabeludo sempre limpo, dê preferência por lavar diariamente.

Referências:

http://www.sbd.org.br/doencas/dermatite-seborreica-2/

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2015/10/coceira-no-couro-cabeludo-pode-ser-sinal-de-que-algo-esta-errado.html

 

Consuelo Simão, Técninca na empresa Vita Derm

Terapeuta capilar e holística-Participação no CONASEF

Juliana Rodrigues